The role of analysts as gatekeepers: enhancing transparency and curbing earnings management in Brazil



Artigo principal Conteúdo

Antonio Lopo Martinez

Resumo

Este artigo analisa a relação entre a cobertura de analistas, erros de previsão e gerenciamento de resultados. Confirma o papel de analistas como Gatekeepers, ao demonstrar que os analistas estimulam a transparência e inibem o gerenciamento de resultados. Para a cobertura dos analistas utilizou-se a base de dados da I/B/E/S, onde também foram coletadas informações relativas às projeções de consenso dos analistas para companhias abertas brasileiras. Os resultados indicaram existir uma correlação negativa entre o número de analistas e a magnitude dos accruals discricionários em termos absolutos, indicando que a cobertura de analista inibe o gerenciamento de resultados. Verificou-se também uma correlação negativa entre a cobertura de analistas e os erros de previsão, identificando que quando uma empresa é acompanhada com um número grande de analistas, a previsão de seu consenso é mais precisa e acurada. Na analise multivariada as regressões estatisticamente satisfatórias evidenciaram resultados significativos no mesmo sentido. Os analistas do mercado, apesar das severas críticas que recebem da imprensa especializada, na realidade têm um efeito positivo sobre a governança corporativa, por monitorar a gestão e inibir o gerenciamento de resultados.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Martinez, A. L. (1). The role of analysts as gatekeepers: enhancing transparency and curbing earnings management in Brazil. Revista De Administração Contemporânea, 15(4), 712-730. https://doi.org/10.1590/S1415-65552011000400009
Seção
Artigos