Avon Brasil: Otimização dos Processos Logísticos em Companhia de Vendas Diretas



Artigo principal Conteúdo

Fabio Medeiros
Luiz Carlos Di Serio
Alessandro Moreira

Resumo

Este caso de ensino visa a desenvolver no estudante a capacidade de análise situacional de processos logísticos e, a partir desse entendimento, utilizar conhecimentos adquiridos sobre ferramentas e teorias de melhoria contínua para propor soluções e discutir alternativas estratégicas para a companhia melhorar seus processos. A eficiência nas operações logísticas tem papel fundamental nos resultados de empresas de venda direta, afinal, são milhares de clientes e entregas feitas ponto a ponto que levam complexidade ao processo. O novo diretor de supply chain da Avon Cosméticos assumiu a posição no país numa fase de dificuldades e mercado em queda. Desse modo, ele implementou discussões internas para levantar o status de vários processos logísticos e engajar as lideranças das áreas. Assim, ele pretendia encontrar formas de melhorar os processos logísticos seja por meio de investimentos de capital, seja utilizando ferramentas de melhoria contínua que proporcionassem reduções de custos e aumento dos níveis de serviço. O caso pode ser usado em cursos de graduação e pós-graduação stricto e lato sensu, além de educação profissional com temas ligados à gestão, supply chain, logística e operações industriais.



Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Medeiros, F., Di Serio, L. C., & Moreira, A. (2021). Avon Brasil: Otimização dos Processos Logísticos em Companhia de Vendas Diretas. Revista De Administração Contemporânea, 25(4), e190212. https://doi.org/10.1590/1982-7849rac2021190212.en
Seção
Casos para Ensino

Referências

Abihpec (2018). Panorama do setor de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos. Retrieved from https://abihpec.org.br/publicacao/panorama-do-setor-2018/
Aken, E. M. V., Farris, J., Worley, J., & Doolen, T. L. (2004, May). Longitudinal analysis of kaizen event effectiveness. Proceedings of the Industrial Engineering and Research Conference, Houston, TX, USA.
Ballou, R. H. (2001). Gerenciamento da cadeia de suprimentos: Planejamento, organização e logística empresarial. Porto Alegre: Bookman
Direct Selling News (2017). The DSN global 100 list. Retrieved from https://www.directsellingnews.com/global-100/
Frei, F. X. (2006). Breaking the trade-off between efficiency and service. Harvard Business Review, 84(11), 93-101. Retrieved from https://hbr.org/2006/11/breaking-the-trade-off-between-efficiency-and-service
Johnson, M. W., Christensen, C. M., & Kagermann, H. (2008). Reinventing your business model. Harvard Business Review, 86(12), 52-60. Retrieved from https://hbr.org/2008/12/reinventing-your-business-model
Lawson, B., & Samson, D. (2001). Developing innovation capability in organisations: A dynamics capabilities approach. International Journal of Innovation Management, 5(3), 377-400. https://doi.org/10.1142/S1363919601000427
Lean Institute Brasil. (2020). Vocabulário: Milk run - movimentação de materiais entre plantas. Lean Institute Brasil. Retrieved from https://www.lean.org.br/conceitos/75/milk-run---movimentacao-de-materiais-entre-plantas.aspx
Moubray, J. (1992). Reliability-centered maintenance. New York: Industrial Press
Quinn, J. B., & Hilmer, F. G. (1994). Strategic outsourcing. Sloan Management Review, 35(4), 43-55. Retrieved from https://sloanreview.mit.edu/article/strategic-outsourcing/
Teece, D. J. (2010). Business models, business strategy and innovation. Long Range Planning, 43(2-3), 172–194. https://doi.org/10.1016/j.lrp.2009.07.003
World Federation of Direct Selling Association. (2018). About direct selling. Retrieved from https://wfdsa.org/about-direct-selling/
Womack, J. P., & Jones, D. T. (2003). Lean thinking: Banish waste and create wealth in your corporation. New York: Free Press.