Um modelo dos antecedentes da lealdade no varejo eletrônico



Artigo principal Conteúdo

Valter Afonso Vieira
Luiz Antonio Slongo

Resumo

Diante do crescimento da Internet no Brasil e do seu papel como agente varejista de compra-venda, esse artigo propõe e testa um modelo teórico dos antecedentes da lealdade no varejo eletrônico. Sete associações são estabelecidas e verificadas por meio de 515 observações, utilizando a modelagem de equações estruturais. Os resultados indicaram que, primeiramente, o principal explicador de lealdade, de quatro possíveis, foi o comprometimento. Logo, comprometimento e qualidade, essa última outra variável latente significativa, são construtos chaves para o consumidor continuar a escolher o site. A segunda conclusão encontra-se no potencial preditor de qualidade no modelo. Todas as três relações em que qualidade era o construto exógeno foram corroboradas, conforme previsto pela literatura. Por fim, lealdade obteve alto coeficiente de determinação de 72%, sendo considerado ótimo valor. Considerações finais, limitações da pesquisa e sugestões para trabalhos futuros são discutidos na parte final.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Vieira, V. A., & Slongo, L. A. (1). Um modelo dos antecedentes da lealdade no varejo eletrônico. Revista De Administração Contemporânea, 12(spe), 65-87. https://doi.org/10.1590/S1415-65552008000500004
Seção
Artigos