Fatores relevantes para o estabelecimento de redes de cooperação entre empresas do Rio Grande do Sul



Artigo principal Conteúdo

Jorge Renato Verschoore
Alsones Balestrin

Resumo

A cooperação entre empresas, na forma de redes, tem-se destacado como configuração organizacional alternativa, em resposta às recentes transformações econômicas. O elevado número de iniciativas e a carência de pesquisas empíricas, acerca da formação de redes no Brasil, motivaram a realização do presente estudo. O objetivo principal deste artigo é compreender os fatores que afetam o estabelecimento de redes de cooperação no contexto sul-brasileiro. Para alcançar tal objetivo, empreendeu-se uma pesquisa quantitativa em 443 representantes de empresas associadas a 120 redes de cooperação. Os dados empíricos foram coletados pelos pesquisadores em 2005 e processados estatisticamente pelo método de análise conjunta. Os resultados obtidos confirmam as proposições teóricas construídas pelos pesquisadores, apontando a importância de fatores como aprendizagem e inovação, aumento de escala e de poder de mercado, e acesso a soluções.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Verschoore, J. R., & Balestrin, A. (1). Fatores relevantes para o estabelecimento de redes de cooperação entre empresas do Rio Grande do Sul. Revista De Administração Contemporânea, 12(4), 1043-1069. https://doi.org/10.1590/S1415-65552008000400008
Seção
Artigos