A influência do país de origem no desempenho das empresas



Artigo principal Conteúdo

Luiz Artur Ledur Brito
Flávio Carvalho de Vasconcelos

Resumo

A dispersão dos resultados de empresas norte americanas tem sido analisada, na área de estratégia, com a técnica de componentes de variância. Os efeitos da empresa têm aparecido como os mais relevantes, seguidos dos efeitos do ramo de negócios, e dos específicos ao ano. Este trabalho amplia esta linha de estudos ao considerar uma amostra de empresas de 78 países. Um novo tipo de efeito foi criado: o efeito país refletindo a influência do país no desempenho. Uma amostra da Compustat Global de 12.592 empresas, 60.092 observações (1997/2001) foi usada. Os resultados indicam que o efeito país existe e é relevante. A composição da variância varia em função do setor econômico considerado. Na Mineração, Construção e Transportes o efeito país total (soma do efeito país direto e da sua interação com o ramo de negócios) é o mais relevante superando o efeito da empresa individual. Nos demais setores ele é o segundo principal efeito e apenas no setor de serviços o efeito país não aparece de forma relevante. Os resultados evidenciam, de forma empírica, o efeito do contexto institucional no desempenho e indicam que a transposição de teorias e conclusões desenvolvidas em outros contextos pode necessitar de adaptações relevantes.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Brito, L. A. L., & Vasconcelos, F. C. de. (1). A influência do país de origem no desempenho das empresas. Revista De Administração Contemporânea, 9(4), 97-118. https://doi.org/10.1590/S1415-65552005000400006
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Luiz Artur Ledur Brito, Fundação Getulio Vargas

Doutor em administração de empresas pela EAESP-FGV. Professor do departamento de Operações da EAESP-FGV. Suas áreas de interesse em pesquisa são estratégia e operações.

Flávio Carvalho de Vasconcelos, Ecole des Hautes Etudes Commerciales

Doutor em administração de empresas pela HEC-Ecole des Hautes Etudes Commerciales/Paris. Professor do departamento de Administração Geral e Recursos Humanos da EAESP-FGV. Suas áreas de interesse em pesquisa são estratégia e teoria organizacional.