MAC: Uma Proposta para Metas Atuariais Consistentes em Fundos de Pensão



Artigo principal Conteúdo

Sandro de Azambuja
Carlos Heitor Campani

Resumo

Objetivo: viabilizar a proposição de um novo método, a Meta Atuarial Consistente (MAC), que evita, ajustando-as, metas atuariais incompatíveis nos fundos de pensão, após investigar e comprovar, na pesquisa, que a meta dissocia-se da regra geral dos normativos vigentes, que adere essa meta à expectativa de rentabilidade dos investimentos do plano de previdência. Metodologia: foi elaborada uma amostra contendo dados de 22 planos BD, onde aplicou-se a MAC depois de os métodos de dados em painel identificarem os elementos que influenciam a definição da meta atuarial ocorrida no conselho deliberativo dos respectivos fundos de pensão. Resultados: a utilização da MAC, adequando as metas atuariais de 2018 a partir dos vieses sistemáticos ocorridos nas metas anteriores, possibilitou um efeito positivo que se desdobra em estimativas mais fidedignas para as provisões matemáticas dos planos, ao mesmo tempo que identificou elementos que influenciam na determinação do valor da meta anual, provocando sua não aderência à regra geral da legislação. Conclusões: a adoção da MAC pela Previc aperfeiçoaria o regramento e forneceria subsídios para melhor adequar os níveis de contribuição praticados nos planos, tornando mais fidedignos seus níveis de solvência, o que beneficiaria o desenvolvimento do mercado de seguros e de previdência.



Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Azambuja, S. de, & Campani, C. H. (2021). MAC: Uma Proposta para Metas Atuariais Consistentes em Fundos de Pensão. Revista De Administração Contemporânea, e200390. https://doi.org/10.1590/1982-7849rac2022200390.en
Seção
Artigos Teórico-empíricos

Referências

Alda, M. (2018). A strategic fund family business decision: The pension fund liquidation. Journal of Business Research, 91, 248-265.https://doi.org/10.1016/j.jbusres.2018.06.024
Andonov, A., Bauer, R. M., & Cremers, K. J. M. (2017). Pension fund asset allocation and liability discount rates. The Review of Financial Studies, 30(8), 2555-2595. https://doi.org/10.1093/rfs/hhx020
Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais. (2017). Estrutura a termo da taxa de juros intradiária 12h – metodologia. Retrieved from https://www.anbima.com.br/data/files/F9/73/38/F5/C2DEA510CD3B4DA568A80AC2/ETTJ-Intra-Metodologia.pdf
Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar. (2018). Consolidado estatístico – dezembro 2018. Retrieved from https://www.abrapp.org.br/wp-content/uploads/2020/09/Consolidado-Estati%CC%81stico_12.2018.pdf
Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar. (2019). Consolidado estatístico – dezembro 2019. Retrieved from https://www.abrapp.org.br/wp-content/uploads/2020/09/Consolidado-Estati%CC%81stico_12_2019.pdf
Attilio, L.A. (2020). A Influência da financeirização sobre a taxa de juros real brasileira. Revista de Economia Contemporânea, 24(3), e202431. https://doi.org/10.1590/198055272431
Azambuja, S., & Campani, C. H. (2019). Impactos da reforma da previdência nos déficits dos planos de contribuição variável. Revista de Gestão, Finanças e Contabilidade, 9(3). https://doi.org/10.18028/rgfc.v9i3.7255
Bader, L. N. & Gold, J. (2003). Reinventing pension actuarial science. The Pension Forum, 15(1), 1–13. Retrieved from http://users.erols.com/jeremygold/reinventingpensionactuarialscience.pdf
Banco do Brasil. (2018). Análise do desempenho 1° trimestre 2018 [Report]. Retrieved from https://www.bb.com.br/docs/pub/siteEsp/ri/pt/dce/dwn/1T18AnaliseDesempCI.pdf
Bertucci, L. A., Souza, F. H. R., & Félix, L. F. F. (2006). Gerenciamento de risco de fundos de pensão no Brasil: Alocação estratégica ou simples foco na meta atuarial? Revista Economia & Gestão, 6(13). Retrieved from http://periodicos.pucminas.br/index.php/economiaegestao/article/view/25
Bicalho, F. C. (2018). Avaliação dos investimentos dos fundos de previdência complementar do Brasil (Master’s thesis). Universidade Católica de Brasília, Escola de Gestão e Negócios, Brasília, DF, Brazil. Retrieved from https://bdtd.ucb.br:8443/jspui/bitstream/tede/2410/2/FilipeCarneiroBicalhoDissertacao2018.pdf
Binswanger, J., & Schunk, D. (2012). What is an adequate standard of living during retirement? Journal of Pension Economics & Finance, 11(2), 203-222. https://doi.org/10.1017/S1474747211000618
Breusch, T. S., & Pagan, A. R. (1979). A simple test for heteroscedasticity and random coefficient variation. Econometrica, 47(5), 1287-1294. https://doi.org/10.2307/1911963
Caldeira, J. F. (2011). Estimação da estrutura a termo da curva de juros no Brasil através de modelos paramétricos e não paramétricos. Revista Análise Econômica, 29(55), 95-122. https://doi.org/10.22456/2176-5456.13198
Chapman, R. J., Gordon, T. J., & Speed, C. A. (2001). Pensions, funding and risk. British Actuarial Journal, 7(4), 605–662. https://doi.org/10.1017/S1357321700002488
Corrêa, R. B. (2018). Modelo de simulação de governança de passivo atuarial de um fundo de pensão brasileiro (Master’s thesis). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Escola de Administração, Porto Alegre, RS, Brazil. Retrieved from http://hdl.handle.net/10183/180828
Croissant, Y., & Millo, G. (2008). Panel data econometrics in R: The plm package. Journal of Statistical Software, 27(2), 1-43. https://doi.org/10.18637/jss.v027.i02
De La Peña, J. I., Garayeta, A., & Iturricastillo, I. (2017). Dynamic immunisation does not imply cash flow matching: A hard application to Spain. Economic Research-Ekonomska istraživanja, 30(1), 238-255. https://doi.org/10.1080/1331677X.2017.1305780
Duarte, A. A., Silva, A. F., Oliveira, L. V., Weffort, E. F. J., & Chan, B. L. (2015). The term structure of interest rates and its impact on the liability adequacy test for insurance companies in Brazil. Revista Contabilidade & Finanças, 26(68), 223-236. https://doi.org/10.1590/1808-057x201500420
Duarte, P. C., Lamounier, W. M., & Takamatsu, R. T. (2007). Modelos econométricos para dados em painel: Aspectos teóricos e exemplos de aplicação à pesquisa em contabilidade e finanças. Anais do Congresso USP de Iniciação Científica em Contabilidade (Vol. 4, pp. 1-15). Retrieved from https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/176819/mod_resource/content/1/Artigo%20-%20Modelos%20em%20Painel.pdf
Fávero, L. P. L. (2013). Dados em painel em contabilidade e finanças: Teoria e aplicação. Brazilian Business Review, 10(1), 131-156. Retrieved from https://www.redalyc.org/pdf/1230/123025719006.pdf
Giambiagi, F., & Afonso, L. E. (2009). Cálculo da alíquota de contribuição previdenciária atuarialmente equilibrada: Uma aplicação ao caso brasileiro. Revista Brasileira de Economia, 63(2), 153-179. https://doi.org/10.1590/S0034-71402009000200006
Government Accountability Office. (2014, September). Pension plan valuation: Views on using multiple measures to offer a more complete picture [Report GAO-14-264]. Retrieved from http://www.gao.gov/assets/670/666287.pdf
Haneveld, W. K. K., Streutker, M. H., & Van Der Vlerk, M. H. (2010). An ALM model for pension funds using integrated chance constraints. Annals of Operations Research, 177, 47-62. https://doi.org/10.1007%2Fs10479-009-0594-4
Hansen, M., & Miltersen, K. R. (2002). Minimum rate of return guarantees: The Danish case. Scandinavian Actuarial Journal, 2002(4), 280-318. https://doi.org/10.1080/03461230110106282
Hair, J. F., Black, W. C., Babin, B. J., Anderson, R. E., & Tatham, R. L. (2009). Análise multivariada de dados. Porto Alegre: Editora Bookman.
Kimura, R. Y. (2019). Definição dos limites da premissa de taxa de retorno real para planos de previdência complementar utilizando o modelo HJM (Master’s thesis). Fundação Getulio Vargas, EESP, São Paulo, SP, Brazil. Retrieved from http://hdl.handle.net/10438/28040
Leal, R. P. C., & Mendes, B. V. M. (2010). The risk-return relationship of pension funds with investments in hedge funds. Latin American Business Review, 11(2), 141-169. https://doi.org/10.1080/10978526.2010.496307
Levy, S. (2011). Pensions in the national accounts: Compiling a complete picture of UK pensions including unfunded pensions for public sector employees. Economic & Labour Market Review, 5, 87–112. https://doi.org/10.1057/elmr.2011.71
Libânio, G. (2010). A note on inflation targeting and economic growth in Brazil. Brazilian Journal of Political Economy, 30(1), 73-88. https://doi.org/10.1590/S0101-31572010000100005
Lima, A. C. (2006). Desempenho dos fundos de investimento do tipo previdência privada e sua sensibilidade à variação da taxa de juros. RAM. Revista de Administração Mackenzie, 7(2), 61-77. https://doi.org/10.1590/1678-69712006/administracao.v7n2p61-77
Marques, L. D. (2000, October). Modelos dinâmicos com dados em painel: Revisão de literatura [Working Paper n. 100]. Universidade do Porto, Faculdade de Economia do Porto, Centro de Estudos Macroeconômicos e Previsão, Porto, Portugal. Retrieved from http://wps.fep.up.pt/wps/wp100.pdf
Martins-Costa, J. (2005). Reflexões sobre o princípio da função social dos contratos. Revista Direito GV, 1(1), 41-66. Retrieved from http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/revdireitogv/article/view/35261
Mesa-Lago, C. (2006). Private and public pension systems compared: An evaluation of the Latin American experience. Review of Political Economy, 18(3), 317-334. https://doi.org/10.1080/09538250600797768
Montgomery, D. C. (2017). Design and analysis of experiments. New York: John Wiley & Sons.
Motta, L. F. J., & Santoro, R. M. (2003). Desempenho dos fundos de pensão fechados no Brasil: Uma análise comparativa com planos geradores de benefícios livres (PGBL’s). Revista de Economia e Administração, 2(2), 87-102. Retrieved from http://www.spell.org.br/documentos/ver/25636/desempenho-dos-fundos-de-pensao-fechados-no-brasil--uma-analise-comparativa-com-planos-geradores-de-beneficios-livres--pgbl---s-/i/pt-br
Nese, A. A. S. (2017). Governança, características das organizações e desempenho dos investimentos: Evidências em fundos de pensão no Brasil (Doctoral dissertation). Universidade de São Paulo, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, São Paulo, SP, Brazil. https://doi.org/10.11606/T.12.2017.tde-13062017-162106
Norberg, R. (2000). Basic life insurance mathematics [Lecture notes]. University of Copenhagen, Laboratory of Actuarial Mathematics. Retrieved from https://www.simiode.org/resources/4080/download/2002-Norberg-Basic_Life_Insurance_Mathematics.pdf
Novy-Marx, R. (2015). Economic and financial approaches to valuing pension liabilities. Journal of Pension Economics & Finance, 14(2), 144–150. https://doi.org/10.1017/S1474747214000468
Pennacchi, G., & M. Rastad. (2011). Portfolio allocation for public pension funds. Journal of Pension Economics & Finance, 10(2), 221–245. https://doi.org/10.1017/S1474747211000102
Pereira, M. M. (2013). Impactos da redução nas taxas de juros da economia para os fundos de pensão (Master’s thesis). Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, Brasília, DF, Brazil. Retrieved from https://repositorio.unb.br/handle/10482/15542
Petrobras (2019). Informações trimestrais - 31/03/2019. Retrieved from https://www.conjur.com.br/dl/provisoes-petrobras-processos-ficam.pdf
Razali, N. M., & Wah, Y. B. (2011). Power comparisons of Shapiro-Wilk, Kolmogorov-Smirnov, Lilliefors and Anderson-Darling tests. Journal of Statistical Modeling and Analytics, 2(1), 21-33. Retrieved from https://www.researchgate.net/profile/Bee_Yap/publication/267205556_Power_Comparisons_of_Shapiro-Wilk_Kolmogorov-Smirnov_Lilliefors_and_Anderson-Darling_Tests/links/5477245b0cf29afed61446e1/Power-Comparisons-of-Shapiro-Wilk-Kolmogorov-Smirnov-Lilliefors-and-Anderson-Darling-Tests.pdf
Ribeiro, G. X. K. (2015). Asset liability management em um plano aberto de previdência tradicional (Master’s thesis). Instituto de Matemática Pura e Aplicada - IMPA, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Retrieved from https://www.ens.edu.br/arquivos/31_3_2015_gabriela_xavier_krull_ribeiro_seminario_aplicacoes_em_asset_liability_management.pdf
Saad, N., & Ribeiro, C.O. (2004). Modelos determinísticos de gestão de ativo/passivo: Uma aplicação no Brasil. Revista Contabilidade & Finanças, 15(34), 50-62. https://doi.org/10.1590/S1519-70772004000100004
Santana, V. F., & Costa, T. M. T. (2017). The discount rate in pension assets and liabilities management. Brazilian Review of Finance, 15(4), 631-655. https://doi.org/10.12660/rbfin.v15n4.2017.66262
Santos, S. I. F., & Lima, D. V. (2019). Perspectivas de adoção de modelos de asset and liability management (ALM) em regimes próprios de previdência social. REDECA - Revista Eletrônica do Departamento de Ciências Contábeis & Departamento de Atuária e Métodos Quantitativos da FEA-PUC/SP, 6(1), 21-43. https://doi.org/10.23925/2446-9513.2019v6i1p21-43
Sartori, R. L. (2015). Relevância da taxa de desconto atuarial na avaliação dos benefícios pós-emprego com características de benefício definido de previdência privada fechada e seus reflexos na patrocinadora (Master’s thesis). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Faculdade de Ciências Econômicas, Porto Alegre, RS, Brazil. Retrieved from http://hdl.handle.net/10183/132907
Silva, C. M., Drumond, F. M. P., Silva, D. M. I., Pereira, V. H., & Oliveira, C. V. (2016). Identificação dos disclosures do CPC 33 (R1) nas demonstrações de empresas brasileiras do segmento de telefonia listadas na BM&FBOVESPA. Revista de Auditoria Governança e Contabilidade - RAGC, 4(17), 133-153. Retrieved from https://www.fucamp.edu.br/editora/index.php/ragc/article/view/895
Silva, F. L., Chan, B. L., & Martins, G. A. (2007). Uma reflexão sobre o equilíbrio dos planos de benefícios de caráter previdenciário a partir das demonstrações contábeis dos fundos de pensão. Revista de Informação Contábil, 1(1), 69-87. https://doi.org/10.34629/ufpe-iscal/1982-3967.2007.v1.69-87
Silva, M. A. F., Tinoco, P. P., & Vieira, S. S. C. (2015). Benefícios pós-emprego e seus impactos nas demonstrações contábeis das empresas brasileiras. Registro Contábil, 6(3), 118-135. Retrieved from https://www.seer.ufal.br/index.php/registrocontabil/article/view/1654
Silva, W. A. M., Malaquias, R. F., & Rech, I. J. (2020). Análise das variáveis que afetam o desempenho de carteira das entidades fechadas de previdência complementar brasileiras. Revista Contemporânea de Contabilidade, 17(44), 54-70. https://doi.org/10.5007/2175-8069.2020v17n44p54
Sousa, L. F. D., & Costa, F. M. (2015, May). Equilíbrio atuarial dos planos previdenciários de benefício definido: Relação entre características dos fundos de pensão e a escolha de premissas atuariais. Anais do Congresso da Associação Nacional de Programas de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, Curitiba, PR, Brazil, 9. Retrieved from http://legado.fucape.br/_public/producao_cientifica/2/mfc294%20(2).pdf
Superintendência Nacional de Previdência Complementar. (2019). Relatório de Estabilidade da Previdência Complementar - Setembro 2019. Retrieved from https://www.gov.br/economia/pt-br/orgaos/entidades-vinculadas/autarquias/previc/centrais-de-conteudo/publicacoes/relatorio-de-estabilidade-da-previdencia-complementar-rep/relatorio_de-estabilidade-da-previdencia-complementar-setembro-2019-1-5-1.pdf/view
Superintendência Nacional de Previdência Complementar. (2020). Demonstrativos atuariais. Retrieved from https://www.gov.br/economia/pt-br/orgaos/entidades-vinculadas/autarquias/previc/acesso-a-informacao/dados-abertos/demonstrativos-atuariais
Torres-Reyna, O. (2010). Getting started in fixed/random effects models using R. Princeton University, Data & Statistical Services. Retrieved from https://www.princeton.edu/~otorres/Panel101R.pdf
Varga, G. (2009). Teste de modelos estatísticos para a estrutura a termo no Brasil. Revista Brasileira de Economia, 63(4), 361-394. Retrieved from https://www.scielo.br/j/rbe/a/jkcD6FP6pWhGvcMp8t6JhrP/abstract/?lang=pt#
Vittas, D. (2010). Discount rates and the valuation of pension liabilities. World Bank.
World Bank. (2012). Brazil risk-based supervision (RBS) of Brazilian closed pension funds [Report No. 74907-BR]. World Bank, Finance & Private Sector Development. Retrieved from http://documents.worldbank.org/curated/pt/157551468228277255/pdf/749070ESW0P1190C0disclosed030150130.pdf