Os Papéis dos Agentes de Suporte a Empresas de Base Tecnológica



Artigo principal Conteúdo

Sergio Evangelista Silva
Carlos Alberto Gonçalves
Joaquim Ramos Silva
Ana Isabel Ortega Venâncio

Resumo

O principal papel dos agentes de suporte à inovação (ASIs) é apoiar o desenvolvimento de empresas de base tecnológica (EBTs). Entre estes agentes destacam-se aceleradoras de empresas (AEs), incubadoras de empresas (IEs) e parques tecnológicos (PTecs). Ainda são recentes na literatura artigos que abordam estes três tipos de agentes em conjunto, o que indica que este é um tema que atualmente começa a se desenvolver, sendo, todavia, promissor em vista da importância econômica do desenvolvimento de EBTs e de ambientes de inovação. Com efeito, o objetivo deste artigo é analisar os papéis, os pontos comuns e as diferenças entre estes três tipos de ASIs, no que tange ao seu apoio ao desenvolvimento de EBTs. A abordagem utilizada é a qualitativa, em que foram obtidos dados de um total de vinte e três agentes, distribuídos entre AEs, IEs, PTecs e EBTs, localizados no Brasil, ou em Portugal. Como resultado, apresenta-se uma visão sistemática e abrangente destes três tipos de ASIs, baseada nos construtos: espaço físico e serviços básicos, gerencial, aculturação e redes de relações sociais. Adicionalmente, como implicação prática, conclui-se que este artigo pode ser utilizado como fonte de referência para o desenvolvimento, tanto de ASIs quanto de EBTs.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Silva, S. E., Gonçalves, C. A., Silva, J. R., & Venâncio, A. I. O. (1). Os Papéis dos Agentes de Suporte a Empresas de Base Tecnológica. Revista De Administração Contemporânea, 22(2), 201-225. https://doi.org/10.1590/1982-7849rac2018170048
Seção
Artigos