Modelagem multicriterial aplicada a problemas de regulação em áreas portuárias privatizadas



Artigo principal Conteúdo

Ivan Ricardo Gartner
Carlos Henrique Rocha
Sérgio Ronaldo Granemann

Resumo

O objetivo deste trabalho é apresentar uma proposta de modelagem multicriterial aplicada a problemas de regulação em áreas portuárias privatizadas, tratando da hierarquização de áreas com fins de rateio de investimentos em questões de arrendamento. Os métodos multicriteriais de análise de decisão (MMAD) mostraram-se mais apropriados para a modelagem, pois o problema é de natureza multidisciplinar, envolve juízos de valor socioeconômico, ambiental e político e maior número de atores, apresenta muitos grupos de interesses com objetivos conflitantes e requer soluções de compromisso. A modelagem contou com a participação de técnicos e gerentes em regulação da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ) e de pesquisadores especializados no tema. Na modelagem, foi considerada a conjugação do método de análise hierárquica (AHP) a procedimentos de normalização, resultando em um sistema de classificação de áreas portuárias segundo escalas de atratividade. A aplicação piloto considerou uma situação com cinco áreas hipotéticas a serem arrendadas e, ao término do processo, os técnicos em regulação podiam identificar instantaneamente a repercussão de suas escolhas na classificação final das áreas e na parcela correspondente do investimento para fins de arrendamento.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Gartner, I. R., Rocha, C. H., & Granemann, S. R. (1). Modelagem multicriterial aplicada a problemas de regulação em áreas portuárias privatizadas. Revista De Administração Contemporânea, 16(4), 493-517. https://doi.org/10.1590/S1415-65552012000400002
Seção
Artigos