Sobre convergência e a prática metodológica do interacionismo interpretativo na pesquisa acadêmica de marketing



Artigo principal Conteúdo

João Felipe Rammelt Sauerbronn
Eduardo André Teixeira Ayrosa

Resumo

Muitos fenômenos de marketing e do comportamento do consumidor não são observáveis dentro de uma perspectiva hipotético-dedutiva, e permanecem sem investigação, seja por falta de interesse da comunidade acadêmica, seja devido às carências metodológicas. Neste artigo realizamos uma discussão metodológica, na qual apresentamos nossa experiência com a utilização do Interacionismo Interpretativo em pesquisa acadêmica de marketing e suas consequências metodológicas práticas. Apresentamos as posições ontológica e epistemológica da pesquisa e mostramos como utilizamos o método do Interacionismo Interpretativo. Esta opção demonstrou ser adequada à forma de investigação, organização e operação propostas na tese. Mesmo sendo necessárias algumas adaptações, o Interacionismo Interpretativo ofereceu uma solução aplicada aos problemas de análise dos volumosos dados resultantes da abordagem qualitativa. Ao retratar essa experiência na condução de uma pesquisa de marketing de caráter interpretativo, esperamos oferecer maior compreensão a respeito desta orientação e incentivar mais pesquisadores a adotarem opções semelhantes.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Sauerbronn, J. F. R., & Ayrosa, E. A. T. (1). Sobre convergência e a prática metodológica do interacionismo interpretativo na pesquisa acadêmica de marketing. Revista De Administração Contemporânea, 14(5), 854-870. https://doi.org/10.1590/S1415-65552010000500006
Seção
Artigos