Racionalidade e política no processo decisório: estudo sobre orçamento em uma organização estatal



Artigo principal Conteúdo

Daniel Bin
Belmiro Valverde Jobim Castor

Resumo

O presente artigo tem o objetivo de descrever o modo como atuaram fatores de racionalidade formal e fatores políticos em processo decisório de orçamento em uma grande organização estatal brasileira. Para isso, realizou-se estudo de caso em que o mesmo processo foi analisado sob diferentes perspectivas, tendo por referência teórica os modelos racional, organizacional e político de Allison. Os procedimentos metodológicos empregados são de natureza descritivo-qualitativa; os dados, coletados de diferentes fontes - entrevistas, observações diretas e documentos - foram submetidos à análise de conteúdo do tipo categorial temática. Os resultados evidenciam um processo complexo, em que racionalidade e política atuaram e influenciaram decisões e o próprio processo seguido. Constata-se que o orçamento, mesmo sendo uma tecnologia idealizada sob pressupostos racionais instrumentais e utilizada para imprimir um comportamento mecanicista aos processos organizacionais, possui também dimensão política. Esta se manifesta na medida em que as situações de decisão se configuram em arenas em que indivíduos e grupos interagem sob diferentes interesses e visões acerca de um mesmo problema.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Bin, D., & Castor, B. V. J. (1). Racionalidade e política no processo decisório: estudo sobre orçamento em uma organização estatal. Revista De Administração Contemporânea, 11(3), 35-56. https://doi.org/10.1590/S1415-65552007000300003
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Daniel Bin, Universidade de Brasília

Doutorando em sociologia na Universidade de Brasília (UnB) e mestre em administração pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Suas áreas de interesse em pesquisa são sociologia política e organizações do setor público

Belmiro Valverde Jobim Castor, UNIFAE

Ph.D. em Administração Pública pela University of Southern California, Los Angeles, EUA. Professor do Mestrado em Organizações e Desenvolvimento da UNIFAE de Curitiba. Suas áreas de interesse em pesquisa são geo-estratégia empresarial, internacionalização das empresas, políticas públicas