Gênese, Impacto e Identidade da Revista de Administração Contemporânea

Luciano Rossoni, Rodrigo Assunção Rosa

Resumo

Contexto: como as pessoas e as organizações, os periódicos também apresentam uma identidade. Assim, pensar na identidade de um periódico científico remete, em primeiro lugar, a compreender como sua trajetória moldou suas preferências acerca do que seus membros entendem sobre ciência e academia. Em segundo lugar, remete a como ele se projeta na comunidade científica, tanto em termos de regras de julgamento sobre o que é considerado válido como pesquisa quanto da intensidade e do modo como ele impacta o conhecimento científico e a realidade social. Objetivo: diante desse contexto, buscamos, neste artigo, recuperar elementos distintivos da Revista de Administração Contemporânea (RAC) em sua gênese, ressaltando como tal período deixou uma impressão duradoura em sua identidade. Método: utilizamos textos históricos e depoimentos para embasar nossos argumentos, triangulando o material qualitativo com padrões de citação, de referência e de escrita científica para evidenciar a identidade e o impacto da RAC. Resultados: as análises apontam que a RAC, desde sua gênese, diferenciou-se pelo rigor teórico, metodológico e empírico. Isso refletiu, ao longo do tempo, em seu impacto e centralidade na comunidade acadêmica. Conclusão: defendemos que a eficácia na construção da identidade da RAC a levou a ser o periódico mais influente da área de administração.

Palavras-chave

periódicos; impacto; identidade; impressão organizacional; comunidade científica

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
';