Temos Sido Transparentes o Suficiente? Desafios à Replicabilidade e à Credibilidade da Pesquisa na Área de Negócios



Artigo principal Conteúdo

Wesley Mendes-Da-Silva

Resumo

Science should be ‘show me’, not ‘trust me’! Ao redor dessa frase Stark (2018, p. 613) discute a necessidade da repetição de estudos científicos, intencionando principalmente conferir robustez aos resultados de pesquisas. A replicabilidade dos trabalhos é aí apontada como o padrão ouro para a pesquisa científica, sendo a transparência o requisito central para que estudos possam ser replicados ou reproduzidos (Janz, 2015; Marques, 2019). Portanto, a transparência na pesquisa em negócios é algo preponderante para a sua credibilidade, bem como seus impactos diversos, conforme destacam DORA-The Declaration on Research Assessment (https://sfdora.org/), e COPE-Committee on Publication Ethics (https://publicationethics.org/data) (Mendes-Da-Silva, 2018). Mas, quantos de nós temos assegurado a transparência de nossos resultados de pesquisa, por meio do compartilhamento de dados, materiais e/ou códigos (devidamente comentados) utilizados em análises qualitativas, estatísticas ou econométricas (Gandrud, 2018)?



Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Mendes-Da-Silva, W. (2019). Temos Sido Transparentes o Suficiente? Desafios à Replicabilidade e à Credibilidade da Pesquisa na Área de Negócios. Revista De Administração Contemporânea, 23(5). https://doi.org/10.1590/1982-7849rac2019190306
Seção
Editorial