Sistemas de Informação Estratégicos Habilitando Estratégia-como-prática na Incerteza Ambiental



Artigo principal Conteúdo

Adilson Carlos Yoshikuni
Alberto Luiz Albertin

Resumo

Recentes pesquisas da nova era do planejamento estratégico (PE) destacam a sua capacidade ambivalente de racionalidade prescritiva como forma de orquestrar a criação de estratégias emergentes e flexíveis para enfrentar os desafios da turbulência ambiental. Contudo, há um número limitado de pesquisas sobre como essa capacidade pode ser desenvolvida e, ainda menos, sobre o papel das práticas do PE habilitadas pelo strategic information systems (SIS). Investigou-se sobre a lente da teoria da Contingência e da Prática, como o SIS habilita a efetividade do PE na dimensão da prática sobre a influência da incerteza ambiental. Utilizou-se da técnica estatística de PLS-PM com uma amostra de 139 empresas. O estudo confirmou que o SIS habilita a efetividade do PE em todas as suas fases sobre a influência dos diferentes níveis de contingência de dinamismo, heterogeneidade e hostilidade. Resultados a partir do estudo pós-análise: (a) o SIS demonstrou maior poder preditivo na formulação e no controle da estratégia e da menor ênfase para executá-la; (b) o SIS apresentou maior influência da efetividade do PE em ambientes de alta heterogeneidade; (c) as empresas mostraram maior ênfase para controlar e formular do que para executar a estratégia. O estudo contribuiu para compreensão da criação de valor do SIS na abordagem da estratégia-como-prática frente aos desafios da incerteza ambiental.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Yoshikuni, A. C., & Albertin, A. L. (1). Sistemas de Informação Estratégicos Habilitando Estratégia-como-prática na Incerteza Ambiental. Revista De Administração Contemporânea, 22(4), 552-576. https://doi.org/10.1590/1982-7849rac2018170253
Seção
Artigos