O efeito da sinalização de qualidade no contexto de serviços



Artigo principal Conteúdo

Gabriela Solalinde
Cristiane Pizzutti

Resumo

A teoria da sinalização afirma que os sinais são ações que a empresa pode realizar para transmitir informações sobre a qualidade dos seus produtos. Este trabalho busca ampliar o conhecimento existente sobre sinalização de qualidade ao estendê-lo ao setor de serviços, através da investigação de dois sinalizadores de qualidade: o preço e a responsividade. O controle comportamental percebido, entendido como a percepção do indivíduo sobre sua habilidade para realizar um comportamento, é proposto como moderador da relação entre as variáveis sinalizadoras e a qualidade percebida. Foram conduzidos dois estudos experimentais de desenho fatorial e intersujeitos para se testar as hipóteses formuladas com base na literatura. Os resultados de ambos os experimentos demonstram que a sinalização de qualidade através das variáveis preço e responsividade afetam a qualidade percebida. O segundo estudo suporta a hipótese envolvendo a moderação do controle comportamental percebido na relação entre a variável sinalizadora preço e a qualidade percebida, mas não entre responsividade e qualidade percebida. Esses resultados e as implicações encontradas são finalmente discutidos no capítulo de considerações finais.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Solalinde, G., & Pizzutti, C. (1). O efeito da sinalização de qualidade no contexto de serviços. Revista De Administração Contemporânea, 18(3), 261-284. https://doi.org/10.1590/1982-7849rac20141353
Seção
Artigos