A Revista de Administração Contemporânea (RAC) foi estabelecida em 1997 e é publicada bimestralmente pela ANPAD (Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Administração), com acesso aberto ao texto completo de seu conteúdo, revisado por pares, e disponibilizado online gratuitamente. Registrada sob o ISSN 1982-7849 (online) e ISSN 1415-6555 (versão impressa de 1997 a 2010).

A RAC publica artigos de desenvolvimento teórico e trabalhos teórico-empíricos na área da Administração e das Ciências Contábeis, alinhado com práticas de Ciência Aberta: dados, materiais e códigos abertos, além da disseminação de informações adicionais relativas ao processo editorial, também respeitando os princípios do COPE - Comitê de Ética em Publicações. A Revista de Administração Contemporânea (RAC) é o principal periódico acadêmico em seu campo, com contribuições de alta qualidade, revisadas por pares.

A RAC é uma revista pluralista e heterodoxa na área de pesquisa em gestão de negócios, preocupada principalmente com questões relativas a vínculos entre estratégia e gestão competitiva, além de fornecer resultados de pesquisas em sistemas e padrões, ferramentas de gerenciamento corporativo, organizações e gerenciamento, setores específicos da indústria, e respostas a questões contemporâneas, como desenvolvimento, resiliência das comunidades, desigualdade, consumo, tecnologia, e mudanças climáticas. 

A partir de uma perspectiva regional e espírito interdisciplinar, a RAC está posicionada na vanguarda da inovação teórica e metodológica, dando boas-vindas a contribuições substantivas e empíricas, que investigam e problematizam questões significativas de preocupação econômica, social e política, especialmente onde essas novas abordagens avançam. Priorizamos o trabalho empiricamente engajado, e que promove abordagens epistemológicas críticas, que ampliem os limites conceituais, e coloque a teoria para atuar de maneiras inovadoras, e que navega conscientemente pelas políticas de produção de conhecimento, dentro e fora da academia. Os horizontes de administração contemporânea são amplos, mas os temas de preocupação recorrente para a Revista de Administração Contemporânea incluem tópicos sobre: 

 

. Gestão ambiental

. Produção, distribuição e consumo de recursos;

. Política urbana;

. Tecnologia, informação e conhecimento;

. Mercados financeiros, de capitais, e Finanças corporativas

. Cadeia de suprimentos

. Empreendedorismo

. Mercados de trabalho 

. Comportamento organizacional e individual

A RAC busca promover a comunicação entre organizações governamentais, empresariais e industriais, acadêmicas e não governamentais, que são fundamentais na solução de problemas relacionados à gestão de negócios, com ênfase regional. Também busca avançar a pesquisa interdisciplinar de relevância política em questões contemporâneas, como tecnologias aplicadas, mudança climática, biodiversidade, poluição e resíduos ambientais, recursos naturais renováveis e não renováveis, sustentabilidade e as interações entre essas questões.

Para esses fins, entendemos que administração contemporânea valoriza uma gama diversificada de teorias, métodos e abordagens, especialmente onde se envolvem com tradições de pesquisa, debates em evolução e novas direções nos estudos urbanos e regionais. A RAC facilita e incentiva esforços de pesquisa de alta qualidade, dirigidos a investigar questões importantes na administração contemporânea. A revista publica contribuições significativas, teóricas ou empíricas, positivas ou normativas. A demanda principal da RAC é por documentos originais, os quais possam ser de interesse do público da RAC, tais formuladores de políticas, acadêmicos e profissionais.

Tendo em vista que a RAC aceita submissões oriundas de esforços de pesquisa suportado por diferentes abordagens, espera-se que artigos empíricos que estudem mecanismos causais proponham uma estratégia de identificação convincente. Os artigos submetidos devem abordar questões contemporâneas de importância regional, ter como objetivo informar debates e elaboração de políticas, e ser de relevância internacional. Portanto, os manuscritos com foco em questões regionais são bem-vindos se sugerirem estratégias de pesquisa ou oferecerem lições valiosas de maneira mais geral. Manuscritos que revelam a necessidade de mais pesquisas científicas também são bem-vindos. Todas as contribuições serão revisadas independentemente. Propostas para edições especiais comuns e editadas por convidados são incentivadas e bem-vindas.  A RAC publica, além de Artigos Teórico-empíricos inéditos, Artigos-Tutoriais, Artigos Tecnológicos e Casos para Ensino.

Nota aos leitores: Todos os conjuntos de dados e materiais publicados pela RAC estarão disponíveis na nossa página no Harvard Dataverse.

Notícias

 

Scielo passa a enfatizar Ciência Aberta como Critério de Indexação

 

A RAC, desde julho 2018, vem crescentemente adotando práticas de ciência aberta, para além do acesso aberto aos documentos publicados. Essas práticas implicam políticas que incluem: dados abertos, códigos abertos, materiais abertos, artigos tutoriais, revisores divulgados juntos aos artigos (revisados via blind review).

O Scielo, seguindo movimentos internacionais já reflete, também preocupações com o aumento da transparência da pesquisa publicada, por meio do emprego de políticas de Open Science. Há um caminho a ser trilhado, mas certamente essa caminhada já está em curso, a RAC vem movimentando-se nessa trilha contemporânea.

A nova política deve promover a ciência aberta, inicialmente, estimulando e educando os autores sobre a preparação adequada dos manuscritos, sobre os critérios que periódico utiliza na avaliação, e, posteriormente, exigindo o cumprimento das práticas como condição para aceitação dos manuscritos.  Em resumo, o ajuste afeta os seguintes componentes da política e gestão editorial: sobre o periódico, instruções aos autores, formulário de submissão de manuscritos, guias aos editores e pareceristas e formulário de avaliação por pares. O SciELO recomenda que os periódicos exijam que os autores anexem junto ao manuscrito arquivo compatível com o Formulário de Conformidade com a Ciência Aberta, que sintetiza as práticas de ciência aberta previstas e recomendadas pelo periódico. A versão inicial do formulário admite o não cumprimento das práticas. À medida que a maioria das submissões de manuscritos de qualidade cumpram com as práticas o periódico poderá torná-las obrigatórias.

Mais a respeito LEIA AQUI.

 

 
Publicado: 2020-05-15
 

Call for Teaching Cases: COVID-19's Impact on Businesses

 

Submission Deadline: July 13, 2020
Review Process Ends: October 30th, 2020
Special Issue attempt of publication: December, 2020

MORE ABOUT IT: SEE CALL FOR TEACHING CASES HERE.

 
Publicado: 2020-04-08
 

v. 24, n. 5 (2020): Set/Out - 2020

Sumário

Editorial

Paula Castro Pires de Souza Chimenti
376-379

Artigos

Monique de Abreu Azevedo, Ivan Ricardo Gartner
380-399
Marina Dantas de Figueiredo, Fábio Freitas Schilling Marquesan, José Miguel Imas
400-413
Marta Leite Collares
414-431
Rafael Ricardo Jacomossi, Paulo Roberto Feldmann
432-447
Luciano Rossoni, Rodrigo Assunção Rosa
PDF
448-473

Casos de Ensino

Lucyanna Felicia, Clarice Secches Kogut, Renato Dourado Cotta de Mello
474-486
Adrian Kemmer Cernev, Eduardo Henrique Diniz
PDF
487-506