Frete Barato e Entrega Atrasada: O Dilema do Nível de Serviços Versus Custos



Artigo principal Conteúdo

Alexandre Luis Prim
Kenyth Alves de Freitas

Resumo

Este caso de ensino tem o objetivo de entender o dilema entre nível de serviços e custos na logística de distribuição business to business numa empresa do varejo da construção civil. A empresa enfrentava uma situação de desvantagem no mercado por ter uma tabela de preços abaixo dos valores do mercado, resultando em falha de previsibilidade e continuidade na demanda por frete. Diante desse cenário, o caso levanta um dilema: como aumentar o nível de serviços sem incorrer em maiores custos? Os objetivos pedagógicos deste caso são: analisar potenciais alternativas para elevar o nível de serviço, discutir formas de fidelização dos prestadores de serviços logísticos e aumentar a eficiência da logística de distribuição por meio da melhora do serviço. Desta maneira, este caso pode ser aplicado em cursos de graduação e de pós-graduação lato e stricto sensu, além de poder estar presente na educação profissional, com temas ligados à logística de distribuição, nível de serviço, eficiência operacional, desempenho logístico, gestão de fornecedores, gestão de contratos/modelos de contratação, gestão de riscos, padronização e responsabilização de rotas. O caso também é recomendado para estimular a criatividade dos alunos e prepará-los para a coordenação de atividades profissionais na área de logística.



Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Prim, A. L., & Freitas, K. A. de. (2020). Frete Barato e Entrega Atrasada: O Dilema do Nível de Serviços Versus Custos. Revista De Administração Contemporânea, 24(6), 618-631. https://doi.org/10.1590/1982-7849rac2020190226
Seção
Casos para Ensino

Referências

Alberton, A., & Silva, A. B. da. (2018). Como Escrever um Bom Caso para Ensino? Reflexões sobre o Método. Revista de Administração Contemporânea, 22(5), 745-761. https://doi.org/10.1590/1982-7849rac2018180212
Chopra, S., & Meindl, P. (2016). Supply chain management: Strategy, planning, and operation (6th ed.). Nova York: Pearson Education.
Christopher, M. (2011). Logistics & supply chain management (4th ed.). New York: Pearson.
Jüttner, U., Peck, H., & Christopher, M. (2003). Supply chain risk management: outlining an agenda for future research. International Journal of Logistics Research and Applications, 6(4), 197-210. https://doi.org/10.1080/13675560310001627016
Mitchell, R. K., Agle, B. R., & Wood, D. J. (1997). Toward a theory of stakeholder identification and salience: Defining the principle of who and what really counts. Academy of Management Review, 22(4), 853-886. https://doi.org/10.5465/AMR.1997.9711022105
Novaes, A. G. (2007). Logística e gerenciamento da cadeia de distribuição (3rd ed.). Rio de Janeiro: Elsevier.
Rushton, A., Croucher, P., & Baker, P. (2014). The handbook of logistics and distribution management (5th ed.). London: Koganpage.
Vieira, D., & Roux, M. (2012). Auditoria logística: uma abordagem prática para operações de centros de distribuição. São Paulo: Elsevier.
Wagner, S. M., & Bode, C. (2008). An empirical examination of supply chain performance along several dimensions of risk. Journal of Business Logistics, 29(1), 307-325. https://doi.org/10.1002/j.2158-1592.2008.tb00081.x