O Impacto das decisões estratégicas no desempenho dos franqueados em fast-food: o papel do relacionamento franqueador-franqueado



Artigo principal Conteúdo

Marcos Cohen
Jorge Ferreira da Silva

Resumo

Tendo como motivação o crescente interesse e controvérsia despertados pela prática do franchising no Brasil, este trabalho descreve pesquisa realizada entre franqueados de redes de fast-food de todo o país, que mediu sua percepção das estratégias competitivas praticadas por seus franqueadores e sua satisfação com o relacionamento franqueador-franqueado, visando a identificar o papel desse relacionamento no desempenho médio desses mesmos franqueados. O principal objetivo da pesquisa foi verificar, à luz da teoria de Porter (1980) sobre estratégias competitivas, se a diferença de desempenho médio (medido de maneira qualitativa através da satisfação dos franqueados) entre grupos estratégicos de franqueados da indústria do fast-food poderia ser explicada pela diferença na qualidade do relacionamento franqueador-franqueado percebida por esses mesmos franqueados. Para tanto, procurou-se representar essa qualidade de relacionamento por meio de variáveis observáveis, características do franchising, medidas por uma escala qualitativa de satisfação dos franqueados.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Cohen, M., & Silva, J. F. da. (1). O Impacto das decisões estratégicas no desempenho dos franqueados em fast-food: o papel do relacionamento franqueador-franqueado. Revista De Administração Contemporânea, 4(2), 109-131. https://doi.org/10.1590/S1415-65552000000200007
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Marcos Cohen, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro

Mestre em Administração de Empresas pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Professor do Departamento de Administração da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, além de Analista de Mercado do Departamento de Marketing Estratégico da Empresa Brasileira de Telecomunicações. Sua área de interesse em pesquisa é marketing.

Jorge Ferreira da Silva, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro

Doutor em Engenharia de Produção pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro. Coordenador de Pós-Graduação em Administração de Empresas da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, além de Professor do Departamento de Administração. Suas áreas de interesse em pesquisa são administração estratégica, marketing.