A rede de programas de pós-graduação em administração no Brasil: análise de relações acadêmicas e atributos de programas



Artigo principal Conteúdo

Tomás de Aquino Guimarães
Adalmir de Oliveira Gomes
Catarina Cecilia Odelius
Claudio Zancan
Ariane Agnes Corradi

Resumo

Este artigo investiga, apoiado na abordagem de redes sociais, a influência de relações acadêmicas e de atributos de programas de pós-graduação em administração na estrutura da rede desses programas. Os dados foram coletados entre fevereiro e julho de 2007. Um questionário eletrônico foi enviado aos coordenadores de 58 programas em funcionamento nesse período. Destes, 32 (55%) responderam à pesquisa, e informaram as relações do próprio programa com os demais 57 programas, em sete atividades: pesquisas conjuntas, produção intelectual compartilhada, realização de eventos científicos, disciplinas compartilhadas, intercâmbio de professores, intercâmbio de estudantes, e participação em comissões examinadoras de dissertações e teses. Os atributos dos programas foram identificados nas páginas eletrônicas da CAPES e de cada programa. Os resultados mostram que: (1) a rede pesquisada é pouco densa, com relações esparsas e, na maioria das vezes, fracas entre programas; (2) a localização geográfica e as linhas de pesquisa dos programas são importantes na definição da estrutura da rede; as linhas de pesquisa mais compartilhadas são: Organizações & Comportamento Organizacional, e Estratégia; e, (3) o programa da UFRGS é o mais central da rede e os programas da FGV/SP, USP/SP, UFRGS e FGV/RJ são os mais prestigiados.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Guimarães, T. de A., Gomes, A. de O., Odelius, C. C., Zancan, C., & Corradi, A. A. (1). A rede de programas de pós-graduação em administração no Brasil: análise de relações acadêmicas e atributos de programas. Revista De Administração Contemporânea, 13(4), 564-582. https://doi.org/10.1590/S1415-65552009000400004
Seção
Artigos