Um modelo de avaliação da eficiência da administração pública através do método análise envoltória de dados (DEA)



Artigo principal Conteúdo

Carlos Rosano Peña

Resumo

O objetivo deste trabalho é apresentar uma poderosa ferramenta, ainda pouco utilizada no Brasil, chamada Análise Envoltória de Dados (DEA). Esse Método pode ser utilizado para avaliar a eficiência técnica de unidades produtivas, que utilizam múltiplos insumos para produzir múltiplos bens e/ou serviços medidos em diferentes unidades. É recomendado no estudo da eficiência da administração pública, de instituições sem fins lucrativos e organizações, que operacionalizam suas atividades através de unidades como redes hoteleiras, franquias, unidades escolares, agências de correios e bancos. O Método compara os insumos e os produtos de cada unidade e determina os índices de eficiência relativa de cada unidade analisada. Estes índices permitem determinar as melhores práticas, as unidades ineficientes e as mudanças necessárias nos níveis de insumos e produtos para que as últimas unidades se tornem eficientes. Podem ser utilizados na identificação de recursos ociosos ou inutilizados e, na formulação de políticas de redução de custos, associada a uma expansão que otimize o potencial de crescimentos e o porte ideal do empreendimento; portanto é uma valiosa ferramenta para a pesquisa de benchmarking que permite o contínuo processo de aprimoramento.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Peña, C. R. (1). Um modelo de avaliação da eficiência da administração pública através do método análise envoltória de dados (DEA). Revista De Administração Contemporânea, 12(1), 83-106. https://doi.org/10.1590/S1415-65552008000100005
Seção
Artigos