Expatriação e estratégia internacional: o papel da família como fator de equilíbrio na adaptação do expatriado



Artigo principal Conteúdo

Neuri Amabile Frigotto Pereira
Ricardo Pimentel
Heitor Takashi Kato

Resumo

Este artigo procura destacar, por meio de uma revisão da literatura, a importância da internacionalização da estratégia das empresas e o papel da família do trabalhador no exterior, o expatriado, no processo de seu ajustamento ao novo ambiente. Sendo o ajustamento um fator importante para o sucesso da estratégia de internacionalização, discute-se a importância da internacionalização e da expatriação, a natureza da atividade do expatriado para as empresas, os desafios a serem enfrentados e o papel da família no processo de ajustamento. Conclui-se que a família é fundamental neste ajustamento, sendo apresentadas algumas sugestões de pesquisas a serem realizadas, bem como possíveis hipóteses a serem testadas.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Pereira, N. A. F., Pimentel, R., & Kato, H. T. (1). Expatriação e estratégia internacional: o papel da família como fator de equilíbrio na adaptação do expatriado. Revista De Administração Contemporânea, 9(4), 53-71. https://doi.org/10.1590/S1415-65552005000400004
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Neuri Amabile Frigotto Pereira, Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Mestre em Administração Estratégica pela PUC/PR. Diretora Financeira da SPAIPA Indústria de bebidas S.A. Suas áreas de interesse em pesquisa são finanças, controladoria, tecnologia da informação e administração estratégica.

Ricardo Pimentel, Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Mestre em Administração Estratégica pela PUC/PR. Professor Adjunto I na Faculdade OPET e consultor de empresas. Suas áreas de interesse em pesquisa são marketing e administração estratégica.

Heitor Takashi Kato, Fundação Getulio Vargas

Doutor em Administração pela EAESP/FGV. Professor adjunto do PPAD-Programa de Pós-Graduação em Administração/CCSA/PUCPR. Suas áreas de interesse em pesquisa são marketing, administração estratégica, métodos e modelos matemáticos, econométricos e estatísticos.