Pesquisa qualitativa em marketing e suas variações: trilhas para pesquisas futuras



Artigo principal Conteúdo

Valter Afonso Vieira
Fernando Tibola

Resumo

A pesquisa qualitativa vem sendo crescentemente utilizada em marketing para desvendar os pensamentos e as motivações mais subjetivas do consumidor. Neste trabalho, após realizarmos uma breve revisão teórica do que é a pesquisa qualitativa em marketing, nosso objetivo concentrase em proporcionar e aventar as principais e mais empregadas variações dessa metodologia de pesquisa no campo do marketing, a saber: Entrevista de Profundidade, Grupos de Foco, Técnicas Projetivas, Pesquisa Observacional, ZMET (Zaltman Metaphor Elicitation Technique), Autodriving e Filmes. No tópico seguinte propomos uma tabela comparativa englobando as vantagens e desvantagens de cada variação da pesquisa qualitativa aplicada em marketing. Após as considerações finais delimitamos novas possibilidades para investigações futuras que acreditamos, possam ajudar ainda mais na utilização dessa técnica por profissionais de pesquisa no contexto nacional.

Detalhes do artigo

Como Citar
Vieira, V. A., & Tibola, F. (1). Pesquisa qualitativa em marketing e suas variações: trilhas para pesquisas futuras. Revista De Administração Contemporânea, 9(2), 9-33. https://doi.org/10.1590/S1415-65552005000200002
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Valter Afonso Vieira, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Mestrando em Administração no Programa de Pós-Graduação em Administração (PPGA) da Escola de Administração (EA) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Pós-Graduado em Tutoria de Educação à Distância pelo NEAD (Núcleo de Educação a Distância) da UFPR (Universidade Federal do Paraná) e Graduado em Administração de Empresas e Marketing pela UNOPAR (Universidade Norte do Paraná). Suas áreas de interesse em pesquisa são comportamento do consumidor, pesquisa de marketing e marketing models.

Fernando Tibola, Universidade Paranaense

Graduando em Administração/Comércio Exterior na UNIPAR (Universidade Paranaense) de Francisco Beltrão. Suas áreas de interesse em pesquisa são comportamento do consumidor, propaganda e psicologia de consumo.