A heterogeneidade do desempenho, suas causas e o conceito de vantagem competitiva: proposta de uma métrica



Artigo principal Conteúdo

Luiz Artur Ledur Brito
Flávio Carvalho de Vasconcelos

Resumo

O desempenho das empresas, contrariamente ao que prevê o modelo econômico neoclássico, apresenta grande heterogeneidade. A estratégia em especial tem-se preocupado em entender esta heterogeneidade, explicá-la e prevê-la. As diversas correntes do pensamento estratégico apresentam diferentes abordagens para isto. Uma noção fundamental neste processo é o conceito de vantagem competitiva. Este trabalho inspira-se nas análises de componentes de variância de desempenho para sugerir uma definição mais precisa de vantagem competitiva e uma métrica para medi-la e compará-la. A proposta é ilustrada com um trabalho empírico que analisa resultados de 252 empresas brasileiras entre os anos 1998 a 2001.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Brito, L. A. L., & Vasconcelos, F. C. de. (1). A heterogeneidade do desempenho, suas causas e o conceito de vantagem competitiva: proposta de uma métrica. Revista De Administração Contemporânea, 8(spe), 107-129. https://doi.org/10.1590/S1415-65552004000500007
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Luiz Artur Ledur Brito, Fundação Getulio Vargas

Doutorando em Administração de Empresas na Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas. Professor do Departamento de Operações da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas. Suas áreas de interesse em pesquisa são operações, estratégia.

Flávio Carvalho de Vasconcelos, École des Hautes Études Commerciales

Doutor em Administração de Empresas pela École des Hautes Études Commerciales, França. Professor do Departamento de Administração Geral e de Recursos Humanos da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas. Sua área de interesse em pesquisa é estratégia e teoria organizacional.