Identificando os condicionantes socialmente construídos (Enacted) das práticas estratégicas em ambientes altamente institucionalizados



Artigo principal Conteúdo

Cristiano de Oliveira Maciel
Alex Sandro Quadros Weymer
Paulo Otávio Mussi Augusto

Resumo

O objetivo deste estudo foi examinar a relação entre práticas estratégicas e propriedades construídas (enacted) dentro do contexto dos dirigentes das congregações de uma Igreja de confissão evangélica de Curitiba, um ambiente altamente institucionalizado. A coleta dos dados foi realizada por meio de entrevistas em profundidade para construção de um corpus textual, estudado via análise de conteúdo, com auxílio do software ATLAS.ti. Os achados empíricos revelaram existir equifinalidade das práticas estratégicas à medida que diferentes ações são empregadas para reforçar as mesmas propriedades de um contexto coletivamente decretado. Essas práticas mostraram-se centradas principalmente em ações de (a) comunicação e de (b) relacionamento com os fiéis. Conclui-se que essas práticas estratégicas sustentam e são sustentadas recursivamente pelo relacionamento de três principais metapropriedades socialmente construídas (enacted): (a) Pressões Contextuais; (b) Bíblia; e, (c) Central da Igreja.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Maciel, C. de O., Weymer, A. S. Q., & Augusto, P. O. M. (1). Identificando os condicionantes socialmente construídos (Enacted) das práticas estratégicas em ambientes altamente institucionalizados. Revista De Administração Contemporânea, 16(1), 79-97. https://doi.org/10.1590/S1415-65552012000100006
Seção
Artigos