Editorial



Artigo principal Conteúdo

Rogério H. Quintella

Resumo

Prezados leitores, com esta edição completo orgulhosamente seis anos à frente da nossa RAC. Foi e será, até a próxima edição, uma tarefa bastante difícil, mas muito compensadora.

Esta edição, em particular, reforça a sensação de compensação pelo trabalho bem feito: trata-se de uma excelente edição, que se inicia com o artigo intitulado Comprometimento e Entrincheiramento na Carreira: um Estudo de suas Influências no Esforço Instrucional do Docente do Ensino Superior, de autoria de Diva Ester Okazaki Rowe, Antonio Virgílio Bittencourt Bastos e Ana Paula Moreno Pinho. O artigo discute os vínculos de comprometimento e de entrincheiramento com a carreira, desenvolvidos por professores universitários, de instituições públicas e privadas. "Mais precisamente, busca identificar as relações desses vínculos com o 'esforço instrucional', definido como o empenho em qualificar a atividade de ensino e potenciar os resultados positivos dos discentes". A pesquisa, extensiva e de corte transversal, abrangeu 635 docentes de diferentes Estados.

Ainda no campo de pesquisa das relações de trabalho, o segundo artigo, de autoria de Marilene Olivier, Cristiani Storch Perez e Simone da Costa Fernandes Behr, é intitulado Trabalhadores Afastados por Transtornos Mentais e de Comportamento: o Retorno ao Ambiente de Trabalho e suas Consequências na Vida Laboral e Pessoal de Alguns Bancários. Este trabalho foi realizado por meio de pesquisa em um banco estatal, com o objetivo de fazer um estudo sobre "como passou a ser o cotidiano dos trabalhadores do Banco, após gozarem licença médica, devido a transtornos mentais e comportamentais, tanto no seu aspecto laboral quanto pessoal. Os resultados apontam a continuidade da presença de estressores no ambiente de trabalho, as dificuldades das relações interpessoais e a falta de programa de reintegração dos trabalhadores no ambiente de trabalho".

O terceiro artigo é Um "Pas de Deux" da Estratégia com a Arte: as Práticas do Grupo Corpo de Balé, de Ernani Viana Saraiva, Alexandre de Pádua Carrieri, Ana Rosa Camillo Aguiar e Valéria da Glória Pereira Brito. Este trabalho volta-se à análise das estratégias organizacionais da renomada companhia de balé com o suporte metodológico da etnografia e da Grounded Theory.

Voltando a sua atenção agora para a administração pública, Lindomar Pinto da Silva e Élvia Fadul nos apresentam seu trabalho de título Administração Pública de Québec: um Caso de Mudança Cultural. Neste artigo, os autores procuram identificar os traços culturais da administração pública de Québec, verificando mudanças culturais ocorridas a partir da reforma administrativa levada a efeito nessa província, a partir dos anos 1990.

O quinto artigo da edição: Relações Quantitativas entre Orientação para o Mercado, Desempenho Organizacional e a Percepção Externa de Sucesso em Instituições de Pesquisas Tecnológicas Afiliadas à ABIPTI, de Newton Amaral Paim, José Edson Lara e Juliana Maria Magalhães Christino, discute o crescente papel que a orientação para o mercado vem ocupando na teoria do marketing nas últimas décadas. Segundo os autores, a "maioria dos estudos empíricos nessa área baseia-se na realidade de países industrializados e no setor empresarial. A pesquisa empírica sobre o tema voltada para as organizações que não visam necessariamente ao lucro continua limitada. Este estudo investigou a relação da orientação para o mercado com o desempenho organizacional e com a percepção externa de sucesso ou insucesso nas atividades-fim em instituições de pesquisas tecnológicas no Brasil".

Na sequência Alexandre Cappellozza e Otavio Prospero Sanchez trazem à nossa leitura a Análise de Decisões sobre Uso de Tecnologia: um Estudo no Setor de Telefonia Móvel Fundamentado nos Axiomas da Economia Comportamental. "O objetivo deste artigo é verificar como as decisões sobre a adoção e uso de equipamentos e serviços, apoiados por tecnologia, são afetadas pelos aspectos influenciadores da decisão, preconizados por Kahneman e Tversky". Com este fim, o trabalho foi conduzido por meio de experimento adaptado ao contexto do segmento de telefonia móvel.

O penúltimo artigo desta edição, Gestão do Transporte Orientada para os Clientes: Nível de Serviço Desejado e Percebido, de Ricardo Silveira Martins, Wescley Silva Xavier, Osmar Vieira de Souza Filho e Guilherme Silveira Martins nos leva agora ao campo da gestão do transporte. Neste artigo, o transporte é analisado enquanto gestão de serviços, procurando entender aspectos comportamentais da demanda dos embarcadores por meio de survey com 400 embarcadores industriais brasileiros de pequeno e médio porte.

Por fim, apresentamos Por que os Gestores Postergam Investimentos em Tecnologia da Informação? Um Estudo de Caso, de autoria de Rodrigo Fernandes Malaquias e Alberto Luiz Albertin. Este trabalho parte do pressuposto de que os investimentos realizados em TI apresentam um efeito positivo e significante no desempenho das empresas, o que leva à sua questão de pesquisa: por que os gestores postergam investimentos em TI? Para os autores, essa postergação ocorreria em razão do não surgimento de certos tipos de conflitos gerenciais.

Na seção de Documentos e Debates, temos vibrante discussão que se inicia com o texto intitulado Estágio Docência: um Estudo no Programa de Pós-Graduação em Administração da Universidade Federal de Lavras, de autoria de Nathália de Fátima Joaquim, João Paulo de Brito Nascimento, Ana Alice Vilas Boas e Fernanda Tavares Silva. Como primeira réplica, temos - Formar Docentes: em que Medida a Pós-Graduação Cumpre esta Missão? - de Antonio Virgílio Bittencourt Bastos, Emmanuel Zaguri Tourinho, Oswaldo Hajime Yamamoto, Paulo Rogério Meira Menandro. Como segunda réplica - Produção de Conhecimento de Aprendizagem e de Tecnologia são Papéis dos Programas de Pós-Graduação na Capacitação de Cientistas para o País? - de Silvio Paulo Botomé e José Carlos Zanelli. A seção se encerra com a tréplica, intitulada Formação Docente ou Científica: o que Está em Destaque nos Programas de Pós-Graduação? de Nathália de Fátima Joaquim e Ana Alice Vilas Boas.

Na seção de Casos de Ensino em Administração, temos o caso intitulado Cooperativa Agroindustrial Bom Jesus: Estratégias de Crescimento, de Claudia Monica Ritossa, Sergio Bulgacov e Jane Mendes Ferreira.

Fechando a edição, temos as seções de Resenhas Bibliográficas e Notas Bibliográficas.

A todos, uma boa leitura!



Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Quintella, R. H. (1). Editorial. Revista De Administração Contemporânea, 15(6), 1-2. https://doi.org/10.1590/S1415-65552011000600001
Seção
Editorial