Relacionamentos interorganizacionais e resultados: estudo em uma rede de cooperação horizontal da região central do Paraná



Artigo principal Conteúdo

Marcos de Castro
Sergio Bulgacov
Valmir Emil Hoffmann

Resumo

A partir de uma lacuna evidenciada na literatura, esta pesquisa tem por objetivo analisar os resultados gerados por uma rede interorganizacional de cooperação do segmento varejista de materiais de construção. Para tanto, buscou-se primeiramente compreender os seus motivadores, bem como os dificultadores e facilitadores, para levantar em seguida os seus resultados e verificar de que forma estes se relacionam com aqueles fatores: motivadores, facilitadores e dificultadores e sua relação com os resultados dos relacionamentos constituem o eixo central na discussão apresentada no referencial teórico. O estudo de caso se mostrou a estratégia mais indicada para esta pesquisa descritiva, pois sua flexibilidade permitiu a combinação de métodos qualitativos e quantitativos. As evidências indicam que o principal dificultador foi o baixo nível de cooperação e a alta competição entre as empresas participantes. No que tange aos resultados dos relacionamentos, constata-se que os fatores motivadores não encontram correspondência, quando em confronto com os resultados dos relacionamentos. Evidencia-se, ainda, aparente correlação positiva entre o fator dificultador relacionado à cooperação e à competição com o fato das ações da associação não produzirem os efeitos esperados.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Castro, M. de, Bulgacov, S., & Hoffmann, V. E. (1). Relacionamentos interorganizacionais e resultados: estudo em uma rede de cooperação horizontal da região central do Paraná. Revista De Administração Contemporânea, 15(1), 25-46. https://doi.org/10.1590/S1415-65552011000100003
Seção
Artigos