Relações de poder e mudanças pós-aquisição internacional na rede de relacionamentos da adquirida



Artigo principal Conteúdo

Luciedi Temporal Gomes Esper
Sérgio Fernando Loureiro Rezende
Ângela França Versiani
Humberto Elias Garcia Lopes
Liliane de Oliveira Guimarães
Roberto Gonzalez Duarte

Resumo

Embasados na perspectiva de redes industriais e na literatura de canais de distribuição, neste artigo analisamos poder e mudanças pós-aquisição internacional, ocorridas nos relacionamentos da adquirida com fornecedores e compradores. Especificamente, investigamos se e como a variável poder influencia mudanças pós-aquisição internacional na rede de relacionamentos da adquirida. Para tanto, desenvolvemos um estudo de caso, com base em entrevistas semiestruturadas com representantes da adquirente, adquirida, fornecedores e compradores. Os principais resultados apontam que a aquisição ocasionou mudanças em práticas organizacionais de caráter econômico e não econômico, nos relacionamentos da adquirida com fornecedores e compradores. Além disso, revelam que a adquirente utilizou fontes de poder coercitivas e/ou não coercitivas para introduzir tais mudanças. A utilização dessas fontes, por sua vez, esteve atrelada ao grau de dependência dos fornecedores e compradores em relação à adquirente. Baeados nesses resultados, desenvolvemos novo modelo de pesquisa, com cinco novas hipóteses de pesquisa para testes empíricos futuros.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Esper, L. T. G., Rezende, S. F. L., Versiani, Ângela F., Lopes, H. E. G., Guimarães, L. de O., & Duarte, R. G. (1). Relações de poder e mudanças pós-aquisição internacional na rede de relacionamentos da adquirida. Revista De Administração Contemporânea, 14(4), 684-702. https://doi.org/10.1590/S1415-65552010000400008
Seção
Artigos