Terceirização e reestruturação agroindustrial: avaliando o caso citrícola brasileiro



Artigo principal Conteúdo

Luiz Fernando Paulillo

Resumo

O presente trabalho analisa a forma de inserção do processo de terceirização nos complexos agroindustriais brasileiros. Como na economia mundial do final de século, o avanço do setor prestador de serviços representa significativa mudança nas formas da organização da produção e do trabalho, acarretando modificações estruturais importantes na agricultura, na agroindústria processadora e na conformação dos respectivos mercados nacionais e internacionais. Nesse sentido, as estratégias de flexibilização e diversificação representam o desencadear da orientação de racionalização empresarial, iniciado em escala mundial no final dos anos 80. O contexto remete à análise estrutural do complexo citrícola sob um ângulo mais amplo, em que as ações do Estado perdem peso, à medida que as estratégias empresariais determinam uma nova conformação do setor citrícola do país.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Paulillo, L. F. (1). Terceirização e reestruturação agroindustrial: avaliando o caso citrícola brasileiro. Revista De Administração Contemporânea, 3(1), 87-103. https://doi.org/10.1590/S1415-65551999000100006
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Luiz Fernando Paulillo, Universidade Federal de São Carlos

Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de São Carlos e Doutorando na Universidade de Campinas. Coordenador do Curso de Engenharia Agroindustrial e Professor Assistente do Departamento de Engenharia de Produção da Universidade Federal de São Carlos. Suas áreas de interesse em pesquisa são organização agroindustrial, terceirização e economia agrícola.