A produção mais limpa como geradora de inovação e competitividade

Ângela Denise Lemos, Luis Felipe Nascimento

Resumo

Este artigo tem por origem uma dissertação de mestrado em administração. Seu objetivo é divulgar resultados referentes à adoção de estratégias de Produção Mais Limpa (PML), como forma de começar a adequar-se aos novos padrões de produtos saudáveis e limpos, exigidos pelo mercado consumidor, e que culminaram com a geração de inovações e de competitividade para a empresa. O método de pesquisa utilizado foi o estudo de caso. A empresa pesquisada foi a Fazenda Cerro do Tigre (FCT), de Alegrete, RS, Brasil, produtora de arroz irrigado. Os resultadosindicam que a empresa, quando começa a preocupar-se com as questões ambientais e adota estratégias de Produção Mais Limpa, começa a usufruir de um processo de melhoria contínua, que propicia o surgimento de inovações em todos os sentidos (processo, produto e gerência). A principal conclusão é que a PML facilita o surgimento de inovações e que estas inovações facilitam o alcance da competitividade.

Palavras-chave

produção mais limpa; inovação; competitividade; questões ambientais; agronegócio

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
';