Tecnologias de informação móveis, sem fio e ubíquas: definições, estado-da-arte e oportunidades de pesquisa



Artigo principal Conteúdo

Amarolinda Zanela Saccol
Nicolau Reinhard

Resumo

As Tecnologias de Informação Móveis, Sem Fio e Ubíquas figuram entre os principais temas atualmente discutidos na área de Sistemas de Informação, tanto no meio empresarial quanto no meio acadêmico. A crescente aplicação dessas tecnologias faz emergir uma série de questões relativas à sua criação, escolha, adaptação e conseqüências de utilização. Contudo, por serem tecnologias relativamente recentes, há certa confusão conceitual em torno de termos como: Tecnologias Móveis (Mobile), Tecnologias Sem Fio (wireless), Tecnologias Ubíquas, Comércio Móvel (m-commerce) e Negócios Móveis (m-business). Esses termos são utilizados em profusão, tanto no mercado quanto na pesquisa acadêmica, muitas vezes sem definição clara do seu significado. Diante desse contexto, este artigo realiza um mapeamento do estado-da-arte da pesquisa sobre as Tecnologias de Informação Móveis, Sem Fio e Ubíquas, apresenta as definições dos principais conceitos relacionados a essas tecnologias, bem como identifica lacunas de conhecimento existentes, indicando oportunidades de pesquisa. Para isso foi realizado um Levantamento (survey) na literatura existente. Os resultados revelam que o estudo dessa temática ainda se encontra em estágio inicial, sendo diversas as possibilidades de pesquisas futuras.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Saccol, A. Z., & Reinhard, N. (1). Tecnologias de informação móveis, sem fio e ubíquas: definições, estado-da-arte e oportunidades de pesquisa. Revista De Administração Contemporânea, 11(4), 175-198. https://doi.org/10.1590/S1415-65552007000400009
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Nicolau Reinhard, Universidade de São Paulo Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade; USP FEA Departamento de Administração

Doutor em Administração de Empresas pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) da Universidade de São Paulo (USP). Atualmente é Professor Titular do Departamento de Administração da FEA/USP. Suas áreas de interesse em pesquisa são gestão da função tecnologia da informação, informática na administração pública, estudo de impactos organizacionais e sociais da tecnologia de informação