Validação do instrumento Team Factors Inventory em empresas brasileiras



Artigo principal Conteúdo

Fernando Antonio Prado Gimenez
Edmundo Inácio Júnior

Resumo

O objetivo do trabalho foi verificar a confiabilidade e validade da versão em português do instrumento denominado Team Factors Inventory/TFI. Este instrumento mede a propensão de uma equipe para a liderança criativa em sete fatores e consiste em um questionário de 37 perguntas dispostas em uma escala de Likert de cinco pontos. A metodologia abrangeu a revisão da literatura acerca da liderança criativa, a tradução do instrumento pelo método de backtranslation e a análise dos dados, utilizandose da estatística descritiva, testes de hipóteses, análises fatoriais e de variância, considerando as variáveis de controle sexo e empresas de base tecnológica e tradicional. A amostra foi de 114 respondentes, sendo 73 provenientes dos proprietários-gerentes de empresas residentes nas incubadoras tecnológicas do Estado do Paraná e 41 vindos de pequenas empresas prestadoras de serviço de Maringá. As análises estatísticas indicaram também que a versão em português do TFI obteve bons níveis de confiabilidade e validade. Isto significa que o TFI pode ser aplicado a um contexto cultural diverso do original, como o Brasil.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Gimenez, F. A. P., & Inácio Júnior, E. (2018). Validação do instrumento Team Factors Inventory em empresas brasileiras. Revista De Administração Contemporânea, 10(spe), 137-158. https://doi.org/10.1590/S1415-65552006000500008
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Edmundo Inácio Júnior, Universidade Estadual de Campinas

Doutorando em Política Científica e Tecnológica pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Professor assistente da Faculdade de Administração Aeronáutica em Pirassununga. Suas áreas de interesse em pesquisa são inovação tecnológica e empreendedorismo