The role of internal and external factors in the performance of brazilian companies and its evolution between 1990 and 2003

André Ribeiro Gonçalves, Rogério H Quintella

Resumo

O presente artigo analisa a variância do retorno sobre ativos (ROA) de 1664 empresas brasileiras entre 1996 e 2003. Nesse estudo a variância é dividida entre os fatores associados às diferenças entre as empresas, os setores em que elas se inserem e as condições econômicas do país. Os resultados do modelo foram, também, analisados dividindo o período total em intervalos de quatro anos, de forma a permitir a percepção de eventuais reflexos da conjuntura econômica do País sobre o desempenho das companhias. Os resultados mostram que a principal fonte de variação de performance pode ser atribuída a diferenças existentes entre as empresas e que o peso deste efeito se eleva ao longo do período estudado. Surpreendentemente, apesar das muitas e freqüentes crises pelas quais o País passou nos últimos anos, o efeito do contexto econômico sobre o desempenho das empresas mostrou-se pequeno, equivalente ao encontrado por outros autores que analisaram o caso de empresas situadas no mercado Norte-Americano.

Palavras-chave

estratégia; performance; retorno sobre ativos; empresas brasileiras

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
';