Stakeholder management in the local government decision-making area: evidences from a triangulation study with the English local government

Ricardo Corrêa Gomes

Resumo

A teoria dos stakeholders tem ocupado a agenda da teoria das organizações por mais de trinta anos e, ainda, pairam dúvidas acerca de sua aceitação como uma teoria pronta e acabada. Na Inglaterra, esta abordagem foi introduzida pelo Partido Trabalhista em 1997, com o objetivo de tornar a administração pública mais participativa convidando a sociedade a participar de seus processos decisórios. Este artigo tem como objetivo principal contribuir com a Teoria dos Stakeholders adicionando elementos descritivos à sua base teórica. Os dados da pesquisa foram obtidos através de investigação descritiva desenvolvida com governos locais ingleses e, certamente, poderão ser replicados em outras realidades. A coleta e a análise dos dados foram baseadas em um método denominado triangulação de dados, que envolveu estudos de caso, entrevistas de validação e análise de documentos. Como produto final da pesquisa, um modelo representativo da natureza dos relacionamentos entre os diversos stakeholders e a gestão deste tipo de organizações é proposto. Como resultado da análise dos dados, a pesquisa concluiu que a gestão de governos locais é, de fato, um processo onde os stakeholders devem ser considerados em função do poder que eles podem exercer sobre as operações destas na definição de seus objetivos, bem como dos interesses que os une.

Palavras-chave

gestão pública; governo local; gestão estratégica; análise de stakeholders; método de triangulação

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
';