The role of food standards in international trade: assessing the Brazilian beef chain

Luciana Marques Vieira

Resumo

O objetivo deste artigo é identificar como os gestores da cadeia carne brasileira da carne têm respondido à rápida expansão e intensificação das normas vigentes para a exportação. Esse tema relaciona-se com a reestruturação estratégica de exportadores de carne em suas cadeias de suprimento. Os conceitos que embasam o estudo referem-se ao tema da governança de cadeias globais e às normas alimentares internacionais. São apresentados os resultados de seis estudos de caso, abrangendo exportadores de grande e médio porte que fornecem carne fresca para a União Européia. Os principais resultados descrevem os tipos de governança que estimulam upgrading e transferência de melhores práticas e, conseqüentemente, a completa adequação com as normas. Os resultados contribuem para o entendimento da gestão da cadeia brasileira da carne, e, também, são úteis para outras cadeias de suprimentos que atuam em mercados internacionais. As implicações gerenciais mostram os desafios impostos aos exportadores brasileiros para manter suas vendas para a União Européia, bem como as aplicações das diferentes formas de governança de cadeia para a melhoria da adequação com as normas internacionais e aumento da competitividade.

Palavras-chave

normas alimentares; cadeias globais; comércio internacional; estudos de caso

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
';