Rede de relações interorganizacionais no campo organizacional de Videira-SC



Artigo principal Conteúdo

Clóvis L. Machado-da-Silva
Claudia Coser

Resumo

O objetivo do presente artigo foi o de verificar as relações interorganizacionais entre 40 organizações do município de Videira, no Estado de Santa Catarina, a partir de uma organização focal. Essas organizações interagem em um sistema de produção agroindustrial que envolve um complexo processo de estruturação econômica, política e social, considerado no tempo e espaço social. Procurou-se avaliar a influência da organização focal - que coordena a priori os esforços de produção agroindustrial - sobre as estruturas institucionais regulativas, normativas e cognitivas, o que implicou analisar a recorrência e a simultaneidade dos mecanismos isomórficos coercitivo, normativo e mimético no campo organizacional em estudo. As relações de cooperação, competição e conflito entre as organizações que integram a rede em exame foram avaliadas com base na noção de campo organizacional como campo de poder, de estruturas cognitivas e de significação sociocultural. Os resultados demonstram diferentes esferas e níveis de influência da organização focal sobre as estruturas institucionais, com implicações para a ocorrência de isomorfismos nas organizações, o que ressalta a importância de uso de uma perspectiva multiparadigmática para o entendimento e o tratamento do conceito de campo organizacional.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Machado-da-Silva, C. L., & Coser, C. (1). Rede de relações interorganizacionais no campo organizacional de Videira-SC. Revista De Administração Contemporânea, 10(4), 9-45. https://doi.org/10.1590/S1415-65552006000400002
Seção
Artigos