Editorial



Artigo principal Conteúdo

Rogério H. Quintella

Resumo

O primeiro artigo desta edição é denominado Fatores de Sucesso e Insucesso na Implementação de Sistemas de Informação Gerencial: Estudo do Caso do Segmento de Exploração e Produção de Petróleo da Petrobrás S/A de autoria de Aracéli Cristina de Sousa Ferreira e André Luiz Bufoni. O trabalho trata de um tema já clássico, porém, sempre atual: a busca de fatores determinantes de sucesso e insucesso de projetos, no caso, projetos na área de TI, mais especificamente, de sistemas de informações gerenciais. O estudo reafirma principalmente a importância dos fatores 'apoio da direção' e 'complexidade'. O segundo texto, denominado Estudo da Insatisfação do Consumidor nos Serviços Prestados por Assistências Técnicas Autorizadas de Automóveis, de autoria de Sedinei José Nardelli Beber e Carlos Alberto Vargas Rossi, é um estudo exploratório que investiga as causas, o nível e as conseqüências da insatisfação dos consumidores de serviços 'das autorizadas'. Entre as conclusões, encontram-se os atributos mais importantes para a insatisfação dos consumidores, a viabilidade do método utilizado para a pesquisa de insatisfação e sugestões para os executivos do ramo evitarem tal efeito em seus clientes.

O terceiro artigo, denominado Políticas de Defesa da Concorrência e de Regulação Econômica: as Deficiências do Sistema Brasileiro de Defesa da Concorrência, de autoria do Professor José Matias-Pereira, traz o leitor para o campo da gestão pública ao abordar a legislação antitruste e a política de regulação econômica com o objetivo de retratar a política e o sistema de defesa da concorrência no Brasil, bem como avaliar se as decisões do Conselho Administrativo de Defesa Econômica estão contribuindo para o fortalecimento institucional do sistema de defesa da concorrência no País.

O quarto texto desta edição tem como título Um Modelo para o Compartilhamento de Conhecimento no Trabalho e tem Helena Correa Tonet e Maria das Graças Torres da Paz como autoras. O artigo focaliza o compartilhamento de conhecimento no trabalho e pretende suprir uma lacuna percebida na literatura por suas autoras. O trabalho descreve o compartilhamento de conhecimento como um processo integrado por quatro fases que oferecem orientações para refletir sobre os elementos 'fonte', 'destinatário', 'conhecimento' e 'contexto'. O artigo seguinte intitula-se Um Estudo sobre a Influência de Accruals na Correlação entre o Lucro Contábil e a Variação do Capital Circulante Líquido de Empresas e seus autores são Romualdo Douglas Colauto e Ilse Maria Beuren. O texto é uma importante contribuição à RAC e ilustra o crescimento qualitativo que pode ser percebido em paralelo ao enorme crescimento da produção científica na área das Ciências Contábeis. A população alvo para o estudo foram as empresas consideradas as 500 Maiores e Melhores Empresas do Brasil, conforme pesquisa realizada por uma influente publicação nacional em 2002.

O sexto texto desta edição traz, novamente, uma contribuição da área de controladoria e contabilidade e, também novamente, a maior empresa do País. Desta vez é discutido o Passivo Ambiental: Estudo de Caso da Petróleo Brasileiro S.A Petrobrás. A Repercussão Ambiental nas Demonstrações Contábeis, em Conseqüência dos Acidentes Ocorridos. As autoras do texto são Ana Lúcia Bertoli e Maisa de Souza Ribeiro que através das demonstrações contábeis da Companhia buscaram apurar o efeito dos impactos ambientais sobre a situação econômico-financeira da Empresa. O estudo constata que os efeitos foram significativos.

O penúltimo artigo nos traz de volta à Administração e, em particular, a uma discussão de origem clássica na área. O texto é denominado O Primeiro Estruturalismo: Método de Pesquisa para as Ciências da Gestão. Nesse trabalho, o autor, Professor Hermano Roberto Thiry-Cherques busca examinar as idéias centrais que conformam o estruturalismo como abordagem metodológica às ciências sociais e, em especial às ciências da gestão, concluindo com uma análise das críticas à abordagem. No último artigo da edição temos também um retorno, desta vez ao tema da aprendizagem organizacional. O trabalho é denominado Repensando o Processo de Aprendizagem Organizacional no Agronegócio: um Estudo de Caso realizado numa Cooperativa Destaque em Qualidade no RS. Seus autores são Vania de Fátima Barros Estivalete, Mauri Leodir Löbler e Eugênio Ávila Pedrozo, que procuram investigar os estilos de aprendizagem gerencial sob a perspectiva de Kolb e verificar se há relação entre tais estilos de aprendizagem e os 'motivos sociais' propostos por McClelland.

A Seção Documentos e Debates traz à tona a discussão em torno de diferentes correntes na área de marketing. No documento inicial, Cláudio Hoffmann Sampaio e Marcelo Gattermann Perin analisam a produção publicada nos EnANPADS ao longo dos últimos dezesseis anos, concluindo que "De 527 artigos identificados, 407 respeitaram a abordagem positivista, 108 apresentaram cunho conceitual e 12 se enquadraram na abordagem fenomenológica ou interpretativista". A partir desta análise e do cruzamento das variáveis os autores apresentam uma discussão sobre a qualidade do conjunto. Os comentários ao Documento foram feitos por Sérgio C. Benício de Mello, para quem "tal posição ocupada pela academia brasileira de marketing, dentro de uma matriz colonialista, retrata uma experiência da dependência". Para Mello "deveria haver investimentos nas instituições 'intermediárias' como mediadoras da conscientização dos interagentes da comunidade de vida de marketing, a fim de descolonizá-los".

A seção de Resenhas Bibliográficas traz a contribuição de Pablo Alexandre Gobira de Souza-Ricardo que resenha o livro Compreender África: Teorias e Práticas de Gestão de Rui Moreira de Carvalho.

As Notas Bibliográficas apresentam as obras: Por Uma Nova Gestão Pública: Limites e Potencialidades da Experiência Contemporânea, de Ana Paula Paes de Paula; Aprendizagem Tecnológica e Performance Competitiva, de Paulo N. Figueiredo; Michel Foucault: Poder e Análise das Organizações, de Rafael Alcadipani da Silveira; e O Novo Imperialismo, de David Harvey.

Por fim, temos a seção de Casos de Ensino em Administração com a contribuição de Walter Bataglia e Adhemar Hisashi Hirosawa que apresentam o caso denominado Perdigão: O Processo Decisório Estratégico no Investimento em Tecnologia da Informação.

A todos, uma BOA LEITURA!



Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Quintella, R. H. (1). Editorial. Revista De Administração Contemporânea, 10(2), 0-0. https://doi.org/10.1590/S1415-65552006000200001
Seção
Editorial