Brazilian market reaction to equity issue announcements



Artigo principal Conteúdo

Otavio Ribeiro de Medeiros
Alberto Shigueru Matsumoto

Resumo

O trabalho relata um estudo de evento para investigar a reação do mercado antes, durante e após os anúncios de emissões de empresas brasileiras, entre 1992 e 2003. Após mensurar os retornos anormais por mínimos quadrados, utilizou-se modelos ARCH e GARCH para 70% da amostra. Os resultados são consistentes com a literatura internacional. Alguns resultados empíricos antecedentes evidenciaram retornos anormais anteriores ao anúncio, interpretados como indícios de informação privilegiada. Tal evidência também aparece no presente estudo, onde se encontrou um retorno anormal cumulativo médio de -0,01 a três dias antes do anúncio. Com relação à data do anúncio, a literatura existente é virtualmente unânime em relatar retornos anormais negativos, significando que emissões de ações transmitem informações pessimistas ao mercado. O presente estudo confirma tais achados com um retorno anormal cumulativo médio de-0.03 nos três primeiros dias após os anúncios. A literatura empírica também acumulou evidências de retornos anormais negativos no longo prazo após as emissões de ações, o que também foi confirmado na presente pesquisa, com um retorno anormal cumulativo médio de -0,28, um ano após os anúncios. Os resultados também mostram que a estimação dos retornos anormais por ARCH e GARCH é superior àquela realizada por mínimos quadrados.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Medeiros, O. R. de, & Matsumoto, A. S. (1). Brazilian market reaction to equity issue announcements. Revista De Administração Contemporânea, 9(spe2), 36-46. https://doi.org/10.1590/S1415-65552005000600004
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Otavio Ribeiro de Medeiros, Universidade de Brasília

PhD em Economia pela Southampton. Professor Adjunto do Departamento de Contabilidade da Universidade de Brasília (UnB). Suas áreas de interesse em pesquisa são mercado de ações, finanças corporativas, econometria financeira, finanças empíricas e contabilidade gerencial.

Alberto Shigueru Matsumoto, Fundação Getúlio Vargas

Doutor em Administração pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Professor adjunto do Departamento de Administração da Universidade Católica de Brasília (Brasília) e do Departamento de Finanças da Fundação Visconde de Cairu (Salvador). Funcionário do Banco Central do Brasil. Suas áreas de interesse em pesquisa são mercado de ações e finanças corporativas.