Efetividade de conversão dos investimentos em TI na eficiência dos Bancos Brasileiros



Artigo principal Conteúdo

Antonio Carlos Gastaud Maçada
João Luiz Becker
Guilherme Lerch Lunardi

Resumo

Embora estudos acadêmicos revelem pouca relação entre os investimentos em Tecnologia de Informação (TI) e eficiência organizacional, a indústria bancária brasileira tem aumentado significativamente o volume dos seus investimentos em TI visando à implementação de estratégias e na busca de vantagens competitivas. Este artigo procura analisar a eficiência relativa dos investimentos em TI nos bancos brasileiros no período de 1995 a 1999. Propõe-se um modelo para avaliação, utilizando a técnica DEA apoiado no conceito de efetividade de conversão (Weill, 1989). Seguindo método de Pesquisa Operacional, o modelo foi desenvolvido em duas etapas: (1) survey com executivos de bancos para selecionar as variáveis estratégicas organizacionais afetadas pela TI; e (2) entrevistas com executivos para adaptar as variáveis como input e outputobserváveis em contas de balanço. A maioria (72,2%) dos bancos pesquisados revela-se eficiente. Os maiores investidores em TI vêm aumentando sua eficiência relativa ao longo do período analisado, ultrapassando os demais. Nem sempre investir em TI é eficiente.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Maçada, A. C. G., Becker, J. L., & Lunardi, G. L. (1). Efetividade de conversão dos investimentos em TI na eficiência dos Bancos Brasileiros. Revista De Administração Contemporânea, 9(1), 9-33. https://doi.org/10.1590/S1415-65552005000100002
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Antonio Carlos Gastaud Maçada, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutor em Administração pela Escola de Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFGS). Professor Adjunto do Departamento de Ciências Administrativas da Escola de Administração da UFRGS. Suas áreas de interesse em pesquisa são: impacto dos investimentos em TI, gestão de TI, modelos de eficiência e desempenho e gestão da informação.

João Luiz Becker, University of California

Doutor em Management Science pela Anderson School of Management da University of California at Los Angeles. Professor Titular do Departamento de Ciências Administrativas da Escola de Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Suas áreas de interesse em pesquisa são: sistemas de informação e de apoio à decisão, pesquisa operacional, modelagem matemática e métodos quantitativos aplicados.

Guilherme Lerch Lunardi, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutorando e Mestre em Administração pela Escola de Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Professor Assistente do Departamento de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis da Fundação Universidade de Rio Grande. Suas áreas de interesse de pesquisa são: impacto da TI nas organizações, sistemas de informação e gestão da informação.