Estudo do processo de inovação tecnológica no setor agroindustrial - estudos de caso na cadeia produtiva de leite fluido no sistema setorial de inovação da França



Artigo principal Conteúdo

Jean Philippe Palma Révillion
Antonio Domingos Padula
Luiz Carlos Federizzi
Orlando Martinelli Júnior
Vincent Mangematin

Resumo

Essa pesquisa possui, como principal objetivo, contribuir para a compreensão da dinâmica associada à implementação de inovações tecnológicas no setor agroindustrial. A abordagem dos Sistemas Setoriais de Inovação (SSI) e o método de estudos de caso foram aplicados para avaliar o fenômeno de inovação tecnológica em agroindústrias processadoras de leite fluido no sistema setorial de inovação da França. O SSI da cadeia de leite fluido na França pode ser caracterizado pelas consistentes oportunidades de mercado, mas baixa apropriabilidade - em função da intensidade da concorrência vertical e spillovers - e fraca cumulatividade no nível da firma - decorrente da relevância do desenvolvimento externo de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) e das características da base de conhecimento acessada. Contudo as experiências inovadoras, descritas nos estudos de caso, demonstram que esses parâmetros podem ser flexibilizados com o aumento do nível de apropriabilidade (i) pelo pioneirismo associado com a exploração de ativos complementares discricionários, principalmente imagem de marca, ou (ii) pelo pioneirismo associado com o acesso a vantagens competitivas decorrentes do acúmulo de experiência em tecnologias incipientes.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Révillion, J. P. P., Padula, A. D., Federizzi, L. C., Martinelli Júnior, O., & Mangematin, V. (1). Estudo do processo de inovação tecnológica no setor agroindustrial - estudos de caso na cadeia produtiva de leite fluido no sistema setorial de inovação da França. Revista De Administração Contemporânea, 8(3), 75-98. https://doi.org/10.1590/S1415-65552004000300005
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Jean Philippe Palma Révillion, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutorando em Agronegócios pelo Programa de Pós-Graduação em Agronegócios do Centro de Estudos e Pesquisas em Agronegócios da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Professor Assistente do Instituto de Ciência e Tecnologia de Alimentos da UFRGS. Suas áreas de interesse em pesquisa envolvem a pesquisa do processo de inovação no setor agroindustrial com ênfase na implementação de estratégias organizacionais e políticas públicas.

Antonio Domingos Padula, Université de Sciences Sociales de Grenoble

Doutor em Administração de Empresas pela Université de Sciences Sociales de Grenoble (França). Professor Adjunto da Escola de Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Suas áreas de interesse em pesquisa envolvem a análise do impacto da inovação tecnológica nas organizações e setores produtivos.

Luiz Carlos Federizzi, University of California.

Doutor em Genética e Melhoramento de Plantas pela University of California. Professor Titular da Faculdade de Agronomia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Suas áreas de interesse em pesquisa envolvem empreendedorismo e inovação tecnológica no agronegócio.

Orlando Martinelli Júnior, Universidade Estadual de Campinas

Doutor em Economia pelo Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Professor Adjunto da Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Suas áreas de interesse em pesquisa envolvem a análise do impacto da inovação tecnológica nas organizações e setores produtivos.

Vincent Mangematin, Université Paris IX

Doutor em Administração de Empresas pela Université Paris IX (França). Diretor da unidade de Grenoble (França) do Institut Nationale de Recherche Agricole (INRA). Suas áreas de interesse em pesquisa envolvem a análise do impacto da inovação tecnológica nas organizações e setores produtivos.