Tecnologia da informação em pequenas empresas: fatores de êxito, restrições e benefícios



Artigo principal Conteúdo

Glaúcia Aparecida Prates
Marco Túlio Ospina Patino

Resumo

Existem poucos estudos sobre análises do desempenho da Tecnologia da Informação em pequenas empresas, principalmente em países em desenvolvimento como o Brasil. O artigo propõe-se a analisar os impactos que a Tecnologia da Informação provocou nos aspectos organizacionais, referentes aos critérios de desempenho nas empresas analisadas, além de identificar a sua amplitude de uso, os fatores que contribuem para o seu êxito, os motivos que levaram ao seu uso e as dificuldades encontradas na sua implantação. Consideraram-se fatores como os seguintes: a) aumento da continuidade; b) melhoria dos controles; c) condições de proporcionar maior compreensão das funções produtivas. A pesquisa foi realizada por meio de um estudo multicaso em 25 empresas, no primeiro trimestre de 2002, que atuam nos setores eletro-eletrônico, distribuição e comércio e serviços. Os resultados indicaram que a implantação da Tecnologia da Informação (TI) trouxe como maiores fatores de êxito, apontados pelas empresas, os dois seguintes: a percepção da necessidade pelos usuários e o apoio da cúpula administrativa. Como benefícios foram destacados esta dupla: melhoria na compreensão produtiva, aumento na satisfação do usuário.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Prates, G. A., & Patino, M. T. O. (1). Tecnologia da informação em pequenas empresas: fatores de êxito, restrições e benefícios. Revista De Administração Contemporânea, 8(2), 9-26. https://doi.org/10.1590/S1415-65552004000200002
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Glaúcia Aparecida Prates, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutora em Engenharia de Produção e Sistemas pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Mestre em Engenharia Florestal pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Professora e Pesquisadora do Curso de Administração de Empresas da Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP). Suas áreas de interesse em pesquisa são tecnologia da informação aplicada à pequena empresa e gestão da informação.

Marco Túlio Ospina Patino, Universidade do Estado de São Paulo

Doutor em Agronomia pela Universidade do Estado de São Paulo (UNESP) e Mestre em Economia Agrícola pela Pennsylvania State University dos Estados Unidos. Professor do curso de administração de empresas com habilitação em comércio exterior na Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP) e consultor nas áreas de agribusiness e comércio exterior. Suas áreas de interesse em pesquisa são micro e pequenas empresas e sua internacionalização, estrutura e desenvolvimento de redes de micro e pequenas empresas, empreendedorismo e empresas exportadoras, estrutura e desenvolvimento das micro e pequenas empresas e mercados de exportação para as micro e pequenas empresas.