Impacto do treinamento no trabalho: investigando variáveis motivacionais e organizacionais como suas preditoras



Artigo principal Conteúdo

Érika Rodrigues Magalhães Lacerda
Gardênia Abbad

Resumo

Essa pesquisa teve como objetivo principal testar um modelo de avaliação de Impacto do Treinamento no Trabalho. O estudo foi desenvolvido em três etapas: (1) construção e validação da escala de Valor Instrumental do Treinamento; (2) aperfeiçoamento e validação das escalas Motivação para Aprender, Motivação para Transferir e Suporte Pré-Treinamento; (3) investigação do relacionamento entre características dos participantes dos treinamentos (Motivação para Aprender e para Transferir e Valor Instrumental), Reações e Suporte à Transferência, como variáveis antecedentes, e Impacto do Treinamento no Trabalho, como variável critério. As respostas dos participantes de 28 cursos às escalas foram submetidas a análises exploratórias, análise dos componentes principais, análise fatorial e de consistência interna, além de análises de regressão múltipla padrão. Os resultados das etapas 1 e 2 mostraram escalas unifatoriais psicometricamente válidas e precisas. Na etapa 3, a análise de regressão múltipla padrão demonstrou apenas três variáveis explicativas de auto-avaliação de Impacto do Treinamento no Trabalho: Suporte Psicossocial, Valor Instrumental do Treinamento e Reação do Participante ao Instrutor. São discutidas algumas implicações teóricas e práticas desses achados.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Lacerda, Érika R. M., & Abbad, G. (1). Impacto do treinamento no trabalho: investigando variáveis motivacionais e organizacionais como suas preditoras. Revista De Administração Contemporânea, 7(4), 77-96. https://doi.org/10.1590/S1415-65552003000400005
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Érika Rodrigues Magalhães Lacerda, Universidade de Brasília

Graduada e Mestre em Psicologia Social e do Trabalho pela Universidade de Brasília. Consultora do Sebrae Nacional, além de integrante do Grupo Pronex, do Programa de Apoio a Núcleos de Excelência do CNPq. Suas áreas de interesse em pesquisa são treinamento e desenvolvimento, avaliação de treinamentos, impacto do treinamento no trabalho, características da clientela, contextos de treinamento, educação à distância.

Gardênia Abbad, Universidade de Brasília

Doutora em Psicologia Social e do Trabalho pela Universidade de Brasília. Professora do Departamento de Psicologia Social e do Trabalho da Universidade de Brasília, além de integrante do Grupo Pronex, do Programa de Apoio a Núcleos de Excelência do CNPq. Suas áreas de interesse em pesquisa são treinamento, desenvolvimento e educação em organizações, avaliação de treinamento e sistemas instrucionais, construção de medidas de avaliação de treinamento, transferência de aprendizagem e aprendizagem em organizações, treinamentos à distância.