O processo de internacionalização na ótica da escola nórdica: evidências empíricas em empresas brasileiras



Artigo principal Conteúdo

Adriana Hilal
Carlos A. Hemais

Resumo

Com base no referencial teórico gerado pela Escola Nórdica de Negócios Internacionais, foram desenvolvidas pesquisas sobre o processo de internacionalização de algumas firmas brasileiras, a procura de pontos de convergência entre os modos suecos e brasileiros de expansão das firmas além-fronteiras. O presente artigo analisa as principais idéias daquela escola e apresenta evidências empíricas extraídas de pesquisas sobre o processo de internacionalização de empresas brasileiras, que confirmam os principais pontos advogados pela escola.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Hilal, A., & Hemais, C. A. (1). O processo de internacionalização na ótica da escola nórdica: evidências empíricas em empresas brasileiras. Revista De Administração Contemporânea, 7(1), 109-124. https://doi.org/10.1590/S1415-65552003000100006
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Adriana Hilal, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Doutora em Negócios Internacionais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professora do Instituto de Pesquisa e Pós-Graduação em Administração da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Sua área de interesse em pesquisa é cultura organizacional em empresas com operações internacionais.

Carlos A. Hemais, Universidade de Warwick

Ph.D. pela Universidade de Warwick, UK. Professor Adjunto e Coordenador do Grupo de Gestão Tecnológica do Instituto de Macromoléculas Professora Eloisa Mano da Universidade Federal do Rio de Janeiro, além de Professor Convidado do Instituto de Pesquisa e Pós-Graduação em Administração. Suas áreas de interesse em pesquisa são processo de internacionalização de empresas e marketing de tecnologia.