Difusão do conhecimento sobre organizações e gestão no Brasil: seis propostas de ensino para o decênio 2000/2010



Artigo principal Conteúdo

Tânia Maria Diederichs Fischer

Resumo

O título acima evoca as seis propostas para o milênio referidas à criação literária. Um dos melhores trabalhos do final do século XX e último livro de Calvino (1991), presta-se a muitas leituras e aplicações. Leveza, agilidade, visibilidade, multiplicidade, precisão e consistência são princípios que interferem em conteúdos e formas literárias aqui utilizadas para tratar da reflexividade do ensino de organizações e gestão. O que se ensina no Brasil, de que forma o conhecimento é selecionado e reorganizado como matéria de ensino, segundo a natureza deste conhecimento nos diversos níveis em que o ensino é ministrado e ocorrem aprendizagens são o foco principal deste trabalho, que se refere a resultados de pesquisa realizada com a comunidade de professores dos programas de pós-graduação. Como pressuposto, o gap entre a revolução das formas organizacionais da contemporaneidade, as múltiplas variantes de poder e a rigidez dos desenhos curriculares têm a disciplina como unidade produtiva dos cursos. O investimento em novas formas organizativas de ensino coerentes com o conteúdo do que se pesquisa e com os avanços das teorias que moldam o campo multifacetado dos estudos organizacionais, é um desafio à comunidade de professores, hoje articulados pela ANPAD.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Fischer, T. M. D. (2018). Difusão do conhecimento sobre organizações e gestão no Brasil: seis propostas de ensino para o decênio 2000/2010. Revista De Administração Contemporânea, 5(spe), 123-139. https://doi.org/10.1590/S1415-65552001000500007
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Tânia Maria Diederichs Fischer, Universidade de São Paulo

Doutora em Administração pela Universidade de São Paulo. Professora Titular e Coordenadora do Mestrado Profissional da Escola de Administração da Universidade Federal da Bahia. Coordenadora do Núcleo de Estudos sobre o Poder e Organizações Locais da Universidade Federal da Bahia. Suas áreas de interesse em pesquisa são organizações locais e interorganizações no espaço urbano, interculturalidade e impactos da imigração no Brasil, liderança e gerência multiqualificada, epistemologia e ensino de administração.