A dinâmica entre liderança e identificação: sobre a influência consentida nas organizações contemporâneas



Artigo principal Conteúdo

Eduardo Davel
Hilka Vier Machado

Resumo

O conjunto de transformações estruturais, sociais e culturais pelas quais as organizações contemporâneas vêm passando sugere uma nova dinâmica no exercício da influência e uma renovação nas formas de conceber e analisar tal exercício. Este artigo explora as sutilezas dessa dinâmica, desenvolvendo um esquema teórico que considera os fenômenos de liderança e de identificação em sua complementaridade. A influência do líder se explica pelo ordenamento significativo da realidade das pessoas que, simultaneamente, se identificam e consentem em tal influência. Ambos os fenômenos de liderança e identificação mobilizam e articulam poder, mas também recursos cognitivos e emocionais. Este esquema conceitual permite então uma avaliação mais acurada e atual da liderança como processo dinâmico que envolve: (1) não só questões políticas, mas também cognitivas e emocionais; (2) não só ordenamento, mas também reconhecimento e consentimento.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Davel, E., & Machado, H. V. (1). A dinâmica entre liderança e identificação: sobre a influência consentida nas organizações contemporâneas. Revista De Administração Contemporânea, 5(3), 107-126. https://doi.org/10.1590/S1415-65552001000300006
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Eduardo Davel, École des Hautes Études Commerciales de Montreal

Doutorando em Administração na École des Hautes Études Commerciales de Montreal, Canadá. Pesquisador do Centro de Estudos sobre Trabalho, Economia e Gestão da Telé-Université da Universidade de Quebec, Canadá, além de bolsista do CNPq. Suas áreas de interesse em pesquisa são os aspectos subjetivos, culturais e simbólicos das organizações.

Hilka Vier Machado, Universidade Metodista de Piracicaba

Mestre em Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba e Doutoranda em Engenharia de Produção na Universidade Federal de Santa Catarina. Professora do Departamento de Administração da Universidade Estadual de Maringá. Suas áreas de interesse em pesquisa são empreendedorismo, gênero, identidade, liderança e comportamento humano no trabalho.