Conflitos em Conselhos de Empresas Familiares: Um Framework Teórico para o Processo Decisório Estratégico



Artigo principal Conteúdo

Pedro Braga Sotomaior Karam
Claudio Antonio Pinheiro Machado Filho
Gustavo Abib

Resumo

Conflitos são fenômenos sociais passíveis de ocorrem em qualquer tipo organizacional; entretanto, apresentam-se mais contundentes (e menos compreendidos) na dinâmica da empresa familiar, em função de efeitos psicodinâmicos exclusivos da interação entre família, gestão e propriedade. Paralelamente, conflitos podem ser também particularmente salientes no contexto ambíguo e complexo dos conselhos (a caixa-preta da governança corporativa), pela conexão íntima com decisões estratégicas. Interseccionando as áreas, este estudo propõe framework teórico conectando antecedentes e consequências de conflitos intragrupais no processo decisório estratégico (especialmente, na qualidade da decisão), no contexto particular e propício de conselhos de administração de empresas familiares. Baseado em lógica dedutiva, relacionamentos são construídos tendo em vista a função de aconselhamento estratégico de conselheiros, potencialmente elevando a qualidade de decisões estratégicas mediante redução da dimensão relacional e estímulo à discordância orientada à tarefa organizacional. Para tal, são propostas variáveis e constructos adequadas ao contexto sob investigação, em relações diretas e de moderação em lógica contingencial.



Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Karam, P. B. S., Machado Filho, C. A. P., & Abib, G. (2019). Conflitos em Conselhos de Empresas Familiares: Um Framework Teórico para o Processo Decisório Estratégico. Revista De Administração Contemporânea, 23(6), 703-720. https://doi.org/10.1590/1982-7849rac2019190083
Seção
Artigos