Reconhecimento da Contribuição do Avaliador Anônimo

Wesley Mendes-Da-Silva

Resumo

No editorial do número anterior da Revista de Administração Contemporânea (RAC), tratei de transparência e impacto da pesquisa na área de negócios (Mendes-Da-Silva, 2018), enfatizando algo que alguns editores ao redor do mundo têm apontado como relevante para um periódico científico exitoso – a busca por consolidar o caráter ímpar da sua linha editorial (Chen, 2007). A esse respeito, naquela oportunidade, destaquei ainda a relevância, bem como potenciais ganhos compartilhados da abertura dos dados e materiais utilizados nas pesquisas publicadas, como meio de inibir fraudes, permitir a reproducibilidade de resultados, aumentar o interesse da comunidade pelos trabalhos publicados e, ainda, promover a redução de esforços redundantes no trabalho de pesquisa (tal como agências de fomento, como a Capes (2018) e a Fapesp têm discutido no âmbito brasileiro).

Ainda no mesmo editorial, discuti a relevância do uso de mídias sociais como meio de comunicação de resultados de pesquisa. A RAC, seguindo sua tradição de acompanhar movimentos contemporâneos da comunidade científica, recentemente passou a buscar reportar o nível de impacto dos documentos publicados. Determinadas plataformas concentram-se em certas métricas de altimetria. Para tanto, existe um conjunto diverso de plataformas como: PloS Article Level Metrics, Nature Communications Metrics, Altmetric, Plum Analytics, ScienceCard, PaperCritic, entre outras. Uma das mais proeminentes é a Plum Analytics (Ortega, 2018a), cujo significado central de mensuração encontra-se representado na Figura 1 adiante.

Conforme Dante Cid, Vice-Presidente de Relações Acadêmicas da Elsevier para a América Latina, em palestra proferida durante o encontro denominado Associação Brasileira de Editores Científicos (ABEC), na Universidade de São Paulo, no mês de setembro deste ano de 2018, métricas já impactam não apenas os periódicos, mas também os autores e os artigos. No caso dos autores, o índice H, bem como o número de citações recebidas, são exemplos de indicadores de impacto. Já no nível dos artigos existem métricas emergentes: o número de citações; Field-Weighted Citation Impact (FWCI), que leva em consideração a área de conhecimento, permitindo comparabilidade em escala mundial; e, particularmente, nas ciências aplicadas, existe especial preocupação com o impacto social. Isso tem motivado a busca mensuração de impacto para além do número de citações em trabalhos acadêmicos. Nesse sentido, Ortega (2018b), ao comparar três proxies de altmetric, concluiu que não se deve usar apenas um provedor desse tipo de métrica, tendo em vista a existência de diferenças de performance em determinados tópicos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
';