Segmento de Tecnologia Analisado pela Multidimensional Work Motivation Scale



Artigo principal Conteúdo

Clarice Lucas da Silva Machado
Patrícia Martins Fagundes Cabral
Guilherme Luís Roehe Vaccaro

Resumo

Este artigo objetivou analisar os fatores motivacionais através da Teoria da Autodeterminação (Deci & Ryan, 1985) e da aplicação da Multidimensional Work Motivation Scale (MWMS) (Gagné et al., 2014; Santos et al., in press), em trabalhadores de empresas de tecnologia do Sul do Brasil. A coleta de dados contou com 256 respondentes do questionário e 6 entrevistas semiestruturadas, sendo esta, portanto, uma pesquisa quanti-qualitativa, de natureza descritiva. Na etapa quantitativa, aplicou-se a Análise Fatorial Confirmatória (AFC), a análise de confiabilidade de escala pelo coeficiente Alfa de Cronbach e outros testes estatísticos. A etapa qualitativa foi tratada através da Análise de Conteúdo. Os principais resultados apontam que esses trabalhadores são primordialmente orientados pela Motivação Autônoma, seguidos pela Motivação Controlada. Salienta-se que o fator Desmotivação não foi evidenciado no conjunto de trabalhadores estudado. Recomenda-se que a motivação seja trabalhada no âmbito organizacional, de liderança e no individual, de forma conjunta, abrangendo mais elementos que possam alavancar o bem-estar do trabalhador e, consequentemente, melhorar os resultados organizacionais.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Machado, C. L. da S., Cabral, P. M. F., & Vaccaro, G. L. R. (1). Segmento de Tecnologia Analisado pela Multidimensional Work Motivation Scale. Revista De Administração Contemporânea, 22(3), 336-354. https://doi.org/10.1590/1982-7849rac2018170135
Seção
Artigos