Desempenho de Empresas Diversificadas: Evidências da Indústria de Transporte Aéreo dos Estados Unidos

Henrique Machado Barros, Adriana Bruscato Bortoluzzo, Lucas Mello de Campos Arruda

Resumo

Este artigo analisa o efeito da estratégia de diversificação relacionada no desempenho das firmas. Com base em uma amostra de cerca de 70% das companhias aéreas dos Estados Unidos, o trabalho investiga a relação entre o grau de diversificação e a lucratividade das firmas. Foram utilizados modelos de regressão linear múltipla com dados longitudinais (i.e., 6 anos), cuja estimação dos parâmetros foi feita pelo método dos momentos generalizado (GMM). A pesquisa identifica que o padrão de relação entre a extensão da diversificação e o desempenho é curvilíneo na forma de U-invertido. Portanto, a expansão do escopo dos negócios das firmas com a estratégia de diversificação relacionada aumenta os esforços de coordenação que, a partir de certo momento, penalizam os benefícios dessa estratégia.

Palavras-chave

estratégia; diversificação; desempenho; transporte aéreo

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.
';