Proposta de tipologia sobre alianças estratégicas



Artigo principal Conteúdo

Vasco Eiriz

Resumo

Este artigo considera as alianças estratégicas como forma particular de cooperação empresarial, reconhece a necessidade de esclarecer o conceito e sugere elementos de distinção de outras formas de cooperação e relacionamento interorganizacional. Contribuindo para este esforço de esclarecimento, reconhecem-se e discutem-se limitações na literatura, e propõe-se uma tipologia de alianças estratégicas. A tipologia adoptada é baseada em três domínios de cooperação, os quais, por sua vez, podem ser analisados à luz de várias actividades. No estudo empírico da tipologia de alianças estratégicas proposta recorreu-se a um questionário a que responderam 133 empresas industriais portuguesas participantes no programa Europartenariat da União Europeia. Os principais resultados obtidos sugerem que: (1) as empresas estudadas apresentam indicadores de cooperação muito positivos; (2) a intensidade de alianças estratégicas está associada à dimensão das empresas; (3) a intensidade global de alianças estratégicas varia consoante o sector de actividade; (4) a importância de cada tipo de aliança estratégica é também variável por sector de actividade; (5) a importância de cada tipo de aliança estratégica é variável, consoante o tipo de parceiro envolvido do outro lado da relação.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Eiriz, V. (1). Proposta de tipologia sobre alianças estratégicas. Revista De Administração Contemporânea, 5(2), 65-90. https://doi.org/10.1590/S1415-65552001000200004
Seção
Artigos
Biografia do Autor

Vasco Eiriz, Universidade do Minho

Mestre em Gestão de Empresas pela Universidade do Minho, Portugal, e Doutorando em Administração na Manchester School of Management, UK. Professor da Universidade do Minho, Portugal. Suas áreas de interesse em pesquisa são questões sobre o relacionamento interorganizacional, incluindo alianças estratégicas, formação de estratégias, desenvolvimento de vantagens competitivas.