Socializar para Adequar-se: Como Redes Sociais Intraorganizacionais Podem Influenciar a Adequação Indivíduo-Organização



Artigo principal Conteúdo

Maria Gabriela de Cássia Miranda
Karla Rocha Liboreiro
Renata Borges

Resumo

A adequação indivíduo-organização refere-se à congruência dos valores individuais do funcionário aos valores organizacionais. Essa adequação é explorada em diversos resultados individuais e organizacionais, tais como: desempenho, comprometimento, motivação, etc. Embora vários fatores tenham sido identificados como responsáveis por essa adequação, poucos estudos brasileiros exploraram quantitativamente o papel das redes sociais dentro das empresas. Esses relacionamentos construídos e mantidos dentro da organização são identificados pelos padrões de comunicação e interação entre os indivíduos, e podem interferir no nível de adequação indivíduo-organização. O objetivo desta pesquisa é compreender como as características das redes sociais, tais como grau de relacionamento, proximidade entre os atores e nível de intermediação, podem influenciar o nível de adequação indivíduo-organização. Realizou-se um survey com 116 funcionários de micro e pequenas empresas do setor de serviços. Os resultados da análise Partial Least Squares (PLS) indicam que o grau de relacionamento entre os funcionários influencia o nível de adequação indivíduo-organização. Ou seja, quanto mais o funcionário interage com seus colegas de trabalho, maior a probabilidade de adequação dos valores do indivíduo com os da organização.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Miranda, M. G. de C., Liboreiro, K. R., & Borges, R. (1). Socializar para Adequar-se: Como Redes Sociais Intraorganizacionais Podem Influenciar a Adequação Indivíduo-Organização. Revista De Administração Contemporânea, 21(5), 666-684. https://doi.org/10.1590/1982-7849rac2017160189
Seção
Artigos