Governança Transnacional: Definições, Abordagens e Agenda de Pesquisa



Artigo principal Conteúdo

Marcus Vinícius Peinado Gomes
Catherine Rojas Merchán

Resumo

O presente estudo analisou a produção acadêmica sobre a governança transnacional. Adotou-se uma análise multimétodo, primeiramente realizando-se uma análise bibliométrica com o objetivo de identificar os vinte artigos mais influentes, para em seguida analisá-los em profundidade segundo o tipo de estudo empregado e a forma e dimensão de governança transnacional estudadas. Conclui-se que o interesse sobre a governança transnacional é, embora recente, crescente; que a maioria dos artigos evidenciam a multiplicidade de atores que exercem a governança transnacional, reforçando a pluricentralidade do seu exercício e a diversidade de processos e formas que esta pode assumir. Aponta-se a necessidade de estudos empíricos e que ressaltem o contexto latino-americano. Por fim, argumenta-se que é necessário o desenvolvimento de estudos que permitam a crítica ao desenvolvimento de mecanismos de regulação que legitimam a ação de atores privados sobre questões de interesse público.

Histórico de Downloads

Não há dados estatísticos.


Detalhes do artigo

Como Citar
Gomes, M. V. P., & Merchán, C. R. (1). Governança Transnacional: Definições, Abordagens e Agenda de Pesquisa. Revista De Administração Contemporânea, 21(1), 84-106. https://doi.org/10.1590/1982-7849rac2017150332
Seção
Artigos